Notícia

Mulher coloca fogo em carro de ex-amante e acaba queimada na Serra

O filho da mulher estava junto no momento do incêndio e, ao tentar ajudar a mãe, também ficou queimado

Carro incendiado por uma mulher na Serra
Carro incendiado por uma mulher na Serra
Foto: Iara Diniz

Após uma discussão entre um ex-casal de amantes, uma representante comercial, de 39 anos, pegou o carro do ex, de 29 anos, e ateou fogo no veículo neste sábado, na Serra. À polícia, a mulher relatou que os dois brigaram porque o homem havia prometido dar um carro para ela, mas voltou atrás.

>Mulher tem ataque de fúria e coloca fogo na moto do ex em Cariacica

Com o desentendimento, ela pegou o veículo, um Peugeot, e seguiu para Carapina Grande, na Serra, junto com o filho dela. Ao chegar perto do cemitério do bairro, ela ateou fogo no carro, usando um galão com álcool.

Segundo testemunhas que jogavam futebol próximo ao local, o veículo explodiu durante o incêndio e as chamas atingiram a mulher. O filho dela, um jovem que não teve a idade informada, foi ajudar a mãe e também acabou queimado. Os dois teriam saído correndo.

>Mulher tem ataque de fúria e destrói carro do ex-marido em Cariacica, ES

“Eles chegaram no carro e, assim que saíram, ela pegou um galão e começou a colocar fogo. Nisso, teve uma explosão e as chamas pegaram nela. O rapaz tentou ajudar e acabou queimando também. Aí eles saíram correndo pelo mato, pedindo ajuda”, contou uma testemunha, que prefere não se identificar.

Mãe e filho foram para o Hospital Jayme Santos Neves, no mesmo município. Neste domingo, os dois estão internados sob escolta da polícia. À polícia, a mulher confessou ter incendiado o carro.

ESPOSA NÃO SABIA DO CASO EXTRACONJUGAL

A esposa do homem que teve o carro incendiado contou à reportagem que é casada há 10 anos e mora em Soteco, em Vila Velha, com o marido. Ela não tinha conhecimento da relação e somente teve a confirmação desse outro relacionamento porque a ex-amante foi até a casa do casal para contar a história e ameaçava quebrar um carro.

“Eu tinha desconfiança, mas somente na sexta-feira (16) tive a confirmação. Ele disse que não se relaciona com ela há sete meses, mas não contou por quanto tempo ficou com ela”, relatou.

A atual esposa, que está grávida de um mês, também disse que a ex-amante teve acesso ao carro que foi incendiado na sexta-feira (16), depois de ter feito uma confusão na rua. Isso porque o marido é vendedor de carro e estava negociando o veículo com o filho dela.

Dessa forma, o homem, a ex-amante e o filho foram até a Serra buscar o carro. Nesta situação, ela ficou com a chave do veículo. No sábado, ela ainda circulou com o carro antes de colocar fogo nele.

E relatou que, por causa da história, o marido tem ficado na casa da tia em Cariacica até os dois decidirem o que irão fazer com o relacionamento. “Ainda não tem nada resolvido, vamos resolver a história”, finalizou.

O Gazeta Online entrou em contato com o homem, mas ele preferiu não se manifestar sobre o assunto.

Ver comentários