Notícia

Pai de criança morta em Guarapari é preso

Jaques de Jesus Ferreira desapareceu depois do crime. Ele tinha um mandado de prisão em aberto e foi preso nesta segunda-feira (12)

O pai de Enzo, Jaques de Jesus Ferreira foi preso pela polícia. Ele tinha um mandado de prisão em aberto por tentativa de homicídio.
O pai de Enzo, Jaques de Jesus Ferreira foi preso pela polícia. Ele tinha um mandado de prisão em aberto por tentativa de homicídio.
Foto: Divulgação Polícia Civil

O pai do menino Enzo, morto no último sábado (10) por uma bala perdida em Guarapari, foi preso pela polícia nesta segunda-feira (12). Jaques de Jesus Ferreira, 28 anos, tinha um mandado de prisão em aberto por tentativa de homicídio e era o principal alvo dos disparos.

De acordo com a Polícia Civil, desde que o crime aconteceu no último sábado, Jaques desapareceu. Vizinhos chegaram a relatar que ele voltou ao bairro, em Guarapari, na madrugada de domingo, mas ao ser visto, foi embora do local. 

> Cantor morto em Cariacica deixou três filhos e gravava CD autoral

Durante as investigações, a polícia descobriu que Jaques possuía um mandado de prisão em aberto, por tentativa de homicídio, expedido pela 1ª Vara Criminal de Linhares. Ele foi preso no Centro de Guarapari, nesta segunda-feira. 

"Quando o encontramos, constatamos que ele também foi atingido por um dos tiros no braço, de raspão. Demos cumprimento ao mandado e Jaques já foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Guarapari", explicou o titular da DHPP de Guarapari, Franco Malini. 

MOTIVAÇÃO

Jaques era o principal alvo dos disparos, segundo a polícia. De acordo com o delegado Franco Malini, o autor dos disparos, identificado como Lusmario Batista, agiu por vingança, revidando tiros que Jaques teria disparado contra ele há algum tempo. 

"Descobrimos que ele tentou matar Lusmario e há menos de seis meses se mudou com a família para Guarapari. Lusmario veio até aqui em busca de revanche, com o intuito de matar a família toda", explicou o delegado. 

Lusmario Batista é procurado pela polícia pelo assassinato do menino Enzo, 4 anos, em Guarapari
Lusmario Batista é procurado pela polícia pelo assassinato do menino Enzo, 4 anos, em Guarapari
Foto: Divulgação Polícia Civil

A polícia está a procura de Lusmario. Um mandado de prisão temporária foi expedido pela Justiça nesta segunda-feira. A Polícia conta com a colaboração da população e qualquer informação pode ser passada, de forma sigilosa, por meio do Disque-Denúncia 181 ou pelo disquedenuncia181.es.gov.br, onde é possível anexar imagens e vídeos.

ENTENDA O CASO

Enzo Gabriel, 3 anos, morreu após levar um tiro de bala perdida no bairro Concha da Ostra, em Guarapari. Ela estava ao lado da mãe, de 23 anos, que também foi atingida pelos disparos. O fato ocorreu neste sábado (10), por volta das 14h.

Segundo a Polícia Militar, o autor dos tiros, identificado como Lusmario Batista, tinha como principal alvo o pai da criança, Jaques Ferreira. Ele teria invadido uma construção, no bairro Concha Ostra e disparado contra Jaques. Os tiros acabaram atingiram a mulher dele e o filho, que estavam dentro da casa. Enzo morreu no local e a mulher foi socorrida pelo Samu

Ver comentários