Notícia

Polícia apreende mais de 100 quilos de maconha em Vila Velha

O jovem identificado como Emerson Henrique Miguel foi apreendido com dois tabletes de maconha na região da Grande Terra Vermelha

Maconha estava enterrada em tonel
Maconha estava enterrada em tonel
Foto: Divulgação/PC

Mais de 100 quilos de maconha que estavam enterrados no quintal de uma casa em Vila Velha foram apreendidos durante uma ação da Polícia Civil. O entorpecente possuía um selo criado pelos traficantes que atestava a qualidade do produto.

Um homem identificado como Emerson Henrique Miguel, de 24 anos, foi preso por policiais do Departamento Especializado de Narcóticos (Denarc), na última segunda-feira (19), no bairro Nossa Senhora da Penha, região da Grande Terra Vermelha.

 

> Traficantes usam Atlântica Parque, em Vitória, para vender drogas

PÁTIO DE SUPERMERCADO

Investigações do Denarc apontaram que, há pelo menos duas semanas, Emerson vendia a maconha para traficantes da região. Segundo o delegado Diego Bermond, o ponto de encontro era o pátio de um supermercado local.

“A associação criminosa estava sendo investigada e identificamos que um indivíduo entregaria o entorpecente no pátio de um supermercado. Fomos ao local, e o Emerson foi flagrado com dois tabletes de maconha”, explicou.

> Homem é preso com 30 quilos de maconha e explosivos na Serra

Os policiais seguiram até uma casa indicada como base de Emerson. Dentro do imóvel, eles apreenderam duas balanças de precisão, 275 gramas de maconha e material utilizado para embalar a droga. Na saída, os policiais perceberam um forte odor de entorpecente.

“Graças a experiência dos policiais, foi possível identificar que havia droga no terreno. Eles notaram uma anormalidade no quintal, escavaram e localizaram mais droga dentro de um tonel que estava enterrado”, detalhou o delegado.

Foto: Divulgação/PC

Ao todo foram apreendidos 106 kg. Emerson foi preso e autuado por tráfico e associação para o tráfico de drogas. O delegado destacou que outros dois comparsas de Emerson foram identificados. A polícia vai solicitar o pedido de prisão dos criminosos.

Com informações de Fabíola de Paula, da TV Gazeta

Ver comentários