Notícia

Assaltos na zona rural aterrorizam moradores de Jaguaré

Quadrilha com integrantes de fora do estado é investigada pela Polícia Civil. A suspeita é que bandidos do município auxilie as ações criminosas

Delegacia de Jaguaré
Delegacia de Jaguaré
Foto: Divulgação

Moradores de Jaguaré, na Região Norte do Estado, convivem com o medo constante desde que a cidade se tornou alvo de criminosos armados e encapuzados, que invadem residências na zona rural do município para cometer roubos. No geral, os suspeitos agem de noite, amarram as vítimas ou as prendem em algum cômodo da casa, enquanto levam joias, dinheiro, cartões, celulares, eletrodomésticos e veículos.

Além disso, os acusados aterrorizam as famílias com ameaças de morte. Após os assaltos, os suspeitos conseguem fugir.

Uma quadrilha com integrantes de outros estados está na mira da polícia. As investigações apontam que o grupo criminoso conta com a ajuda de bandidos do município para agir nas localidades do interior.

ALGUNS CASOS

Desde julho, a incidência do crime se tornou maior. No dia 14 daquele mês, três bandidos invadiram uma propriedade rural em Córrego Rio Preto. Eles amarraram um idoso de 64 anos e seus filhos, torturaram as vítimas e roubaram dinheiro, cartões de banco e motos.

No dia seguinte, outra família foi alvo dos criminosos. Desta vez, dois homens armados renderam, amarraram e trancaram as vítimas em um galpão da propriedade, também na zona rural. No fim das contas, eles levaram apenas quatro celulares.

O caso mais recente aconteceu no dia 26 de agosto, na localidade de João Bosco. Na ocasião, dois suspeitos armados com um revólver arrombaram a porta da frente da residência e anunciaram o assalto.

Os criminosos usavam tocas na cabeça e renderam todos da família. Foram roubados um veículo Toyota Corolla de cor bege, três relógios e três alianças de ouro. Eles fugiram com o veículo roubado.

POLÍCIA CIVIL

Procurada pela reportagem, a Polícia Civil garantiu que as investigações realizadas pela Delegacia de Polícia de Jaguaré avançaram. Suspeitos locais já foram identificados, mas nenhum acusado foi detido até o momento. Agora, a polícia trabalha para qualificar os criminosos de outros estados que fazem parte da quadrilha.

POLÍCIA MILITAR

Em nota, a Polícia Militar informou que realiza policiamento ostensivo diariamente em Jaguaré. O trabalho conta com equipes da ronda interativa, que atuam ostensivamente com cercos e abordagens. Além disso, as equipes da Patrulha Rural agem em horários estratégicos, reforçando o patrulhamento preventivo na área rural e realizando visitas tranquilizadoras às residências e fazendas da região.

"O comando da 5ª Companhia ressalta que está sempre a disposição da população para ouvir as demandas e debater as ações de segurança desenvolvidas no local. Vale lembrar que a participação da comunidade é de extrema importância para um resultado ainda melhor das operações policias. Denúncias sobre indivíduos que estejam agindo na região podem ser feitas através do Disque-Denúncia (181). O sigilo e o anonimato são garantidos", finaliza a nota da PM.

SESP

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) foi procurada pela reportagem para informar quantos assaltos a residência aconteceram em Jaguaré neste ano. No entanto, a assessoria não respondeu até a publicação deste texto. A matéria será atualizada quando os dados forem enviados.

Ver comentários