Notícia

Briga termina em morte em Jardim da Penha

Segundo testemunhas, discussão envolveu dois moradores de rua que disputavam um local para pedir esmolas

Vítima morreu após ser agredida durante uma briga na Avenida Dante Michelini, em Vitória
Vítima morreu após ser agredida durante uma briga na Avenida Dante Michelini, em Vitória
Foto: Fabiana Oliveira

Um morador em situação de rua foi morto durante uma briga na Avenida Dante Michelini, em Jardim da Penha, Vitória, na tarde desta segunda-feira (09). Segundo a polícia, a vítima foi agredida por uma barra de alumínio. A confusão envolveu outro homem em situação de rua, que foi detido.

De acordo com o Departamento Médico Legal (DML), a vítima é Mário José de Lima. Mário nasceu em Feira de Santana, na Bahia e vivia nas ruas há 20 anos. Ele era muito conhecido na região de Jardim da Penha, onde costumava pedir ajuda das pessoas.

Mário Lima mora nas ruas há mais de 20 anos. Ele morreu após se envolver em uma briga no bairro Jardim da Penha.
Mário Lima mora nas ruas há mais de 20 anos. Ele morreu após se envolver em uma briga no bairro Jardim da Penha.
Foto: Reprodução TV Gazeta

O CRIME

Segundo testemunhas, as agressões começaram após uma discussão entre os dois homens por causa do espaço que eles ocupavam na calçada para pedir ajuda das pessoas. A confusão gerou aglomeração no local. 

"Eles discutiram porque estavam os dois no mesmo lugar pedindo esmola e um estava atrapalhando o outro. Aí um deles pegou a bengala que usa e bateu no outro, que revidou", contou o taxista Arthur Almeida, 29 anos.

Após ser atingido, o outro morador em situação de rua, identificado como Alexandre Machado da Silva, 40 anos, revidou com socos e empurrões, até derrubar o homem no chão. Ele também usou uma barra de alumínio para agredir Mário. Testemunhas relataram que após cair no chão, a vítima bateu a cabeça e morreu. 

"Na hora o outro morador até tentou correr, mas a gente segurou ele e chamou a polícia", contou Arthur. 

A Polícia Militar informou que o Samu foi acionado, mas Mário morreu no local. O corpo foi encaminhado ao Departamento Médico Legal (DML). Já Alexandre foi detido e encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)

> Morador em situação de rua é encontrado morto em praça de Cachoeiro

De acordo com a Polícia Civil, Alexandre Machado da Silva, 40 anos, foi autuado em flagrante por lesão corporal com resultado morte e será encaminhado para o Centro de Triagem de Viana (CTV).

O QUE DIZ A PREFEITURA

A Prefeitura de Vitória informou que os dois envolvidos na briga foram abordados pelo Serviço Especializado em Abordagem Social (Seas), por diversas vezes. Mário José de Lima era atendido pelo Seas desde 2014, tendo aceitado por duas vezes encaminhamento ao Centro-POP. Nas demais vezes, ele recusou todos os serviços, como acolhimento, acesso aos benefícios e saúde.

A Prefeitura de Vitória reafirma que atua por meio da rede Escola da Vida, para estimular pessoas em situação de rua a superarem as dificuldades e conquistarem a reinserção social e familiar. A complexidade da situação de rua exige atuação persistente e um trabalho de longo prazo. Atualmente, em Vitória, existem cerca de 300 pessoas em situação de rua.

Ver comentários