Notícia

Cortar o auxílio-moradia não compensa impacto do reajuste no ES

Benefício custa menos no Espírito Santo do que o aumento de 16,38% que entrou em vigor

Esse conteúdo é exclusivo para assinante.

Assine o Gazeta Online e acesse.

Ainda não é cadastrado?

Cadastre-se grátis

Ver comentários