Notícia

'O que me preocupa é levar banda larga para todo o País', diz Pontes

Ao assumir cargo como ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes disse que vai manter a Telebrás, mas estatal tem problemas a serem resolvidos

O astronauta Marcos Pontes é o novo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações
O astronauta Marcos Pontes é o novo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações
Foto: Reprodução

O novo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, diz que sua pasta vai trabalhar no incentivo à formação de carreira de pesquisadores no País. "Quero ver pesquisadores nas capas dos jornais", afirmou à imprensa nesta manhã antes do início de sua cerimônia de posse em Brasília.

Ele disse que nas telecomunicações, a Telebrás será mantida, mas que já há problemas a serem resolvidos.

Ele afirmou que vai trabalhar questões como o orçamento para áreas de pesquisa com o Congresso. "Nas telecomunicações, o que me preocupa é levar banda larga para todo País", disse.

A transmissão do cargo para Marcos Pontes é realizada neste momento. O ministro Gilberto Kassab não está no evento e será representado pelo secretário executivo adjunto da pasta, Alfonso Orlandi Neto.

Pontes confirmou que houve erro na publicação do decreto sobre a formação do ministério e que o texto deve ser corrigido.

Ele afirmou que a Comunicação ficou com duas secretarias. Ciência e informação ficou com uma, a de pesquisa e formação. "Para motivar ciência e tecnologia para o ensino fundamental e médio, além de promover a carreira de pesquisa", disse. Segundo Pontes, parte de Inovação permanece. "Colocamos uma secretaria que substituirá a de políticas digitais para tecnologias aplicadas. Essa pasta deve realizar cooperações com outros ministérios", disse. Haverá uma secretaria de planejamento projetos, coordenação e controle.

Ver comentários