Notícia

Ex-superintendente do Banco do Brasil é indicado para presidir Banestes

Governador indicou Amarildo Casagrande para o Conselho Administrativo da instituição, que encaminhará a sugestão ao Banco Central, que fará apreciação da indicação

José Amarildo Casagrande foi indicado para assumir o cargo de presidente do Banestes
José Amarildo Casagrande foi indicado para assumir o cargo de presidente do Banestes
Foto: DIvulgação/Governo do Estado

O governador Renato Casagrande (PSB) anunciou na manhã desta quarta-feira (06) o nome do novo presidente do Banestes. O socialista levou o nome de José Amarildo Casagrande ao Conselho Administrativo da instituição, que encaminhará a sugestão ao Banco Central, que fará apreciação da indicação.

O executivo ocupará o cargo após a renúncia de Vasco Cunha Gonçalves, que chegou a ser preso na Operação Circus Maximus no último dia 29 de janeiro. Vasco é suspeito de causar prejuízo de R$ 5 milhões ao Banco de Brasília (BRB) no ano de 2015. Nesta terça (05), Cunha teve a prisão revogada após uma decisão do desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal do Distrito Federal (TRF-1).

Amarildo é capixaba, tem 54 anos, é formado em Administração e já foi superintendente do Banco do Brasil em Brasília, Minas Gerais, Amazonas e Espírito Santo, e atualmente está aposentado pelo banco após 39 anos de trabalho. De acordo com o governador do Estado, ele tem experiência no mercado financeiro. "É uma pessoa com conhecimento no mercado financeiro, terá a tarefa de liderar o banco para um avanço tecnológico, uma motivação para os nossos servidores e trabalhadores. Tem a tarefa de fazer com que, nesse ambiente competitivo, que é o mercado financeiro, nós possamos ter um banco com cada vez mais resultados", disse.

O governador ainda agradeceu ao presidente interino do banco, Silvio Grillo, que está à frente do Banestes desde o último dia 29 de janeiro. "Vocês acompanharam nos últimos dias os acontecimento com relação ao banco e o Silvio (Grillo) nos deu estabilidade. Ele está conduzindo o banco neste momento e está funcionando perfeitamente com toda estabilidade", contou. Casagrande ainda disse que Grillo deve permanecer no cargo até que o nome de Amarildo seja aprovado pelo Banco Central.

MAURÍCIO DUQUE

O socialista ainda apresentou o economista Maurício Duque como presidente do Conselho do Banestes. Duque já foi secretário da Fazenda no Governo do Estado e presidente do conselho do banco. "Também estou fazendo a indicação do Maurício como presidente do conselho. São pessoas experientes que entendem do mercado financeiro", completou.

O governador ainda lembrou a coincidência do próprio sobrenome com o do futuro presidente do banco. "Amarildo é Casagrande e todo Casagrande é boa gente, mas não é meu parente", brincou.

Ver comentários