Notícia

Com declaração falsa, nova montagem atribui a Haddad apoio a Maduro

Alvo recorrente de boatos sobre a Venezuela, ex-prefeito nunca disse que Maduro é 'exemplo e inspiração'

Fernando Haddad (PT)
Fernando Haddad (PT)
Foto: Reprodução/TV Globo

É falsa a imagem compartilhada no Facebook que aponta o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) como autor de declaração de que o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, seria “um exemplo e inspiração”, e que a culpa pelos problemas enfrentados no país vizinho seria da oposição “que não colabora”.

Não há nenhum registro que aponte para a existência dessa frase. O petista já declarou que o governo de Maduro não pode ser considerado uma democracia.

Leia também

No entanto, como o PT soltou nota oficial neste mês dando apoio à manutenção de Maduro no poder, é comum ver boatos que associam petistas ao regime do país vizinho. O Estadão Verifica já desmentiu, por exemplo, uma alegação de que o venezuelano teria “convocado” alguns petistas — entre eles Haddad — para defender o regime chavista neste momento de crise.

O próprio Haddad costuma ser alvo mais diretamente: durante as eleições, circulou um boato que atribuia erroneamente ao ex-prefeito a seguinte frase: “A revolução que acontece na Venezuela, é sem dúvidas uma conquista que deverá ser exemplo para todos os Paises! Parabéns Maduro! Estamos juntos ! (sic)”

A relação com o regime de Maduro é motivo de discordância entre grupos petistas. O Estado já mostrou, por exemplo, que a presidente do partido, Gleisi Hoffmanm (que apoia Maduro), discutiu com Haddad, mais crítico ao regime, em reunião da Executiva Nacional da legenda.

Ver comentários