Notícia

Manifestantes pró-Bolsonaro criticam governador Renato Casagrande

"Tem pautas contra nós", disse um dos manifestantes sobre um trio elétrico na Praça do Papa, em Vitória

Manifestantes pró-Bolsonaro reunidos na Paça do Papa, em Vitória
Manifestantes pró-Bolsonaro reunidos na Paça do Papa, em Vitória
Foto: Eduardo Dias

Manifestantes que integram o movimento pró-Bolsonaro, neste domingo (26), em Vitória, criticaram o  governador Renato Casagrande (PSB) porque ele é "esquerdista" e "próximo ao centrão".

"Ele tem pauta contra nós. Cometemos um erro em outubro de 2018. Amargamos um governador com pautas esquerdistas", disse um dos manifestantes, de cima do carro de som.

> Fotojornalismo: Manifestantes defendem projetos de Bolsonaro no ES

O grupo reunido na Praça do Papa também gritou "Fora, Centroavante", em referência à maneira como Casagrande foi citado em delações da empreiteira Odebrecht.

Para Leonardo Campos, da organização do ato, Casagrande é próximo ao centrão.

"O governo se posiciona de maneira próxima ao centrão. As pautas estão claras. Como ele discorda das pautas, o povo pode discordar da postura dele. A militância da direita não vai dar o conforto que ele acha que vai ter. Cabe ao povo fiscalizá-lo e observar suas atividades. Ele já foi citado na Lava Jato", disse.

Procurado pelo Gazeta Online, o Palácio Anchieta preferiu não comentar a menção ao governador no ato.

Em defesa de bandeiras do governo, como a reforma da Previdência, manifestantes atravessaram a Terceira Ponte, entre Vila Velha e Vitória, e concentraram-se na praça. 

A Secretaria estadual de Segurança Pública estimou em 35 mil o total de manifestantes. O grupo "Vitória da Ética", ligado à organização do ato, em 50 mil.

Ver comentários