Notícia

Mulher é morta com tiro na cabeça a caminho de bar em Vitória

Lorrayne da Silva Andreatta tinha 23 anos e deixa dois filhos; crime ocorreu na Grande São Pedro

Lorrayne da Silva Andreatta, assassinada com tiro na cabeça em Redenção, Grande São Pedro, em Vitória
Lorrayne da Silva Andreatta, assassinada com tiro na cabeça em Redenção, Grande São Pedro, em Vitória
Foto: Arquivo da Família

Uma mulher de 23 anos foi assassinada com um tiro na cabeça, na madrugada deste domingo (19), em Vitória. Familiares contaram que Lorrayne da Silva Andreatta havia saído de casa com duas amigas e um amigo com destino a um bar que fica próximo à casa dela, na Rua Marcos Adriano Vieira, bairro Redenção, região da Grande São Pedro.

O amigo dela teria se envolvido em uma confusão no bar e Lorrayne tentou ajudar a separar briga. Com a situação no local resolvida, a jovem decidiu ir à casa dela para usar o banheiro — o imóvel fica bem perto do bar.

Leia também

Em casa, Lorrayne comentou com a mãe sobre a confusão no bar, e a mãe pediu que ela não retornasse. Lorrayne reforçou que não teria problema, que já estava tudo resolvido e saiu da residência. A caminho do bar, foi assassinada com um tiro na cabeça, por volta das 3h40. 

A polícia ainda não tem a motivação do crime, mas a família acredita que seja em decorrência da briga que houve no bar. 

A mãe soube da morte por um vizinho, que viu Lorrayne caída no chão. A mãe disse que, quando chegou ao local, a filha estava sozinha, o bar estava fechado, e que ela teve que acionar a polícia e aguardar a chegada da guarnição ao lado do corpo da filha.

Lorrayne deixa dois filhos, uma de 6 anos e um menino de 3 anos. Ela morava com a mãe.

Rua Marcos Adriano Vieira, em Redenção, na Grande São Pedro, Vitória, onde jovem foi assassinada
Rua Marcos Adriano Vieira, em Redenção, na Grande São Pedro, Vitória, onde jovem foi assassinada
Foto: Mayra Bandeira

O crime será investigado pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Mulher (DHPM).

> Leia mais matérias de Polícia

Ver comentários