Notícia

No Twitter, Bolsonaro posta vídeos de atos pró-governo

A conta do presidente trouxe três vídeos de manifestantes nas cidades do Rio de Janeiro, em São Luís, no Maranhão, e em Juiz de Fora, no interior de Minas

Dias após dizer que não participaria das manifestações em seu favor neste domingo (26), o presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais para divulgar os atos que acontecem ao redor do Brasil.

A conta do presidente trouxe três vídeos de manifestantes nas cidades do Rio de Janeiro, em São Luís, no Maranhão, e em Juiz de Fora, no interior de Minas, onde foi alvo de uma facada ainda durante a campanha presidencial.

> Em Brasília, manifestantes apoiam a reforma da Previdência

No vídeo em Juiz de Fora, os manifestantes pedem a aprovação da reforma da Previdência e do pacote anticrime do ministro Sergio Moro. Também houve espaço para provocação a adversários políticos. "O choro é livre, o Lula não". No Maranhão, o grupo cantava "Brasil acima de tudo, Deus acima de todos". No Rio, gritavam: "a nossa bandeira jamais será vermelha".

O presidente foi aconselhado por aliados a não participar dos atos e também orientou ministros a não aderirem. As mensagens foram postadas em sua rede social enquanto ele estava em um culto no Rio de Janeiro.

JUIZ DE FORA (MG)

SÃO LUIZ DO MARANHÃO

METRÔ DE COPACABANA, NO RIO DE JANEIRO