Notícia

Câmeras flagram homens armados próximos à casa de Marcos do Val

O vídeo foi divulgado pelo próprio senador. Segundo ele, as filmagens que mostram os suspeitos foram gravadas na madrugada de sábado (29) em Vitória

Marcos do Val é senador do Espírito Santo pelo PPS
Marcos do Val é senador do Espírito Santo pelo PPS
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O senador Marcos do Val (PPS) afirma estar mais uma vez na mira de criminosos. Em nota divulgada nesta quinta-feira (4), o relator de um projeto do pacote anticrime no Senado, relata que homens armados foram vistos próximos à sua residência, em Vitória, na madrugada do último sábado (29) em uma atitude suspeita.

> Ameaças a políticos nascem da intolerância e descrença nas instituições

Em um vídeo também divulgado pelo senador, é possível ver quando um carro preto se aproxima da residência de Do Val, na Capital. Dois homens, aparentemente armados, saem do veículo e fazem uma avaliação do local. Na data da ocorrência, o senador havia chegado de Brasília e estava em casa. Ele, inclusive, participou do encontro estadual do PPS na manhã de sábado. Assista ao vídeo divulgado pelo parlamentar:

No final da tarde desta quinta-feira, o senador relata ter recebido um e-mail do mesmo remetente que já havia ameaçado a ele e sua família, em abril deste ano. Naquela ocasião, houve ameaças sérias inclusive a familiares de Do Val. No texto do e-mail enviado nesta quarta, o remetente também fala dos familiares. 

Senador Marcos do Val recebeu e-mail com ameaças
Senador Marcos do Val recebeu e-mail com ameaças
Foto: Reprodução

O senador foi à Polícia Federal, em Brasília, para relatar o fato ocorrido no Espírito Santo. A Polícia Federal informou que vai analisar as imagens e as informações a partir de agora para decidir qual medida tomará.

Para Do Val, os suspeitos estavam fazendo uma sondagem de sua casa, buscando identificar locais vulneráveis. "Essa ação dos criminosos está parecendo mais um levantamento da minha casa, locais vulneráveis, etc, para então ser repassado para outro grupo criminoso especializado em execução", declarou ele.

De acordo com a nota, os seguranças acionaram apoio de viaturas da Polícia Militar, que seguiram em perseguição. No entanto, os suspeitos não foram localizados. A Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) informou que a escolta do senador Marcos Do Val continua sendo realizada pela Sesp, em conjunto com a Casa Militar e a Polícia do Senado.

O senador atribui as ameaças e tentativas de intimidação ao fato de ser relator, no Senado, de um projeto  inspirado no pacote anticrime apresentado pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, e que tramita na Câmara. Nesta quarta-feira (03), Do Val entregou à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) a relatoria da matéria.

> Leia também: Contarato representa criminalmente contra auditor da Serra por ameaças

"Uma ação criminosa com intuito de me intimidar ou interromper a minha vida, exatamente nesta semana que divulguei que o pacote anticrime daria início no Senado", reforçou o senador.

Ver comentários