Notícia

Prefeito de Venda Nova do Imigrante será enterrado em Alegre

O prefeito Braz Delpupo (DEM) morreu neste sábado (27) aos 70 anos, após sofrer um infarto

Morre o prefeito de Venda Nova do Imigrante, Braz Delpupo
Morre o prefeito de Venda Nova do Imigrante, Braz Delpupo
Foto: Reprodução/Facebook

O corpo do prefeito de Venda Nova do Imigrante, Braz Delpupo (DEM), será sepultado no município de Alegre, às 17 horas, deste domingo (28). O velório aconteceu na sede da Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante. Às 11 horas, o cortejo seguiu para o município onde o corpo será enterrado.

O prefeito Braz Delpupo (DEM) morreu neste sábado (27) aos 70 anos, após sofrer um infarto em Alegre, cidade onde tinha propriedade e que costumava visitar.

O político estava dirigindo quando passou mal em uma estrada. Uma ambulância foi acionada e até o levou para um posto de saúde. Contudo, o prefeito não resistiu.

Braz Delpupo estava no quarto mandato de prefeito. Já havia sido vice-prefeito do município e também vereador de Conceição do Castelo. Como parlamentar, era um personagem atuante na luta pela emancipação de Venda Nova, ocorrida em março de 1988.

O governador Renato Casagrande (PSB) lamentou a morte do prefeito, nas redes sociais. O chefe do Executivo estadual definiu o prefeito como alguém "sempre preocupado com seu povo" e "determinado em buscar o desenvolvimento de seu município". Casagrande decretará luto oficial de três dias.

"É com imenso pesar que recebo a notícia da repentina partida do amigo Braz Delpupo, prefeito de Venda Nova do Imigrante. Estive ao seu lado recentemente em solenidade no Palácio Anchieta. Registro meu profundo pesar aos familiares, amigos e a toda população venda-novense", afirmou.

O deputado federal Evair de Melo (PP) foi secretário de Venda Nova por oito anos, de 2003 a 2008, com Braz Delpupo. Ele lembra do aliado como seu "pai na política", alguém que sempre o incentivou a concorrer a deputado federal.

"Era um cara apaixonado por Venda Nova. Sempre foi um empreendedor. As grandes obras passaram pela gestão dele. Sempre investiu muito, deu oportunidade às pessoas. Sempre investiu em infraestrutura grandes eventos, agroturismo. Nossa relação era de pai e filho", disse.

O presidente da Assembleia, deputado Erick Musso (PRB), lamentou a perda do político, nas redes sociais. "Quero me solidarizar com a família do prefeito Braz Delpupo. Deixa um grande histórico de serviços prestados à política e ao Estado do Espírito Santo. Fará falta", disse.

"É uma tristeza grande. Ele era um prefeito amigo de todos, uma pessoas de caráter e boa reputação. O trabalho dele na cidade é reconhecido", afirmou Gilson Daniel (Pode), prefeito de Viana e presidente da Associação dos Municípios do Estado (Amunes).

Braz era próximo ao ex-governador Paulo Hartung (sem partido), desde à época em que discutiam a emancipação política do município de Venda Nova. Em nota, Hartung lamentou a perda do amigo.

"Foram mais de 30 anos de amizade e uma bela caminhada na vida pública. Estivemos sempre juntos, inclusive no movimento de emancipação de Venda Nova do Imigrante. Neste momento, estou fora do Estado, mas envio meus sinceros sentimentos à família e ao povo desse importante município capixaba", disse.

Ver comentários