Notícia

Promotores são condenados por ajudar a liberar agiota preso no ES

Homem era amigo de um dos promotores e estava acompanhado de "capangas", cobrando dívidas em Colatina. Para o Tribunal de Justiça, houve crime de advocacia administrativa

Esse conteúdo é exclusivo para assinante.

Assine o Gazeta Online e acesse.

Ainda não é cadastrado?

Cadastre-se grátis

Ver comentários