Notícia

Criança de 2 anos é internada com suspeita de gripe H1N1 em Cachoeiro

Menino está internado em uma área isolada do Hospital Infantil São Francisco de Assis desde a última sexta-feira

Fachada do Hospital Infantil de Cachoeiro, onde bebê está internado
Fachada do Hospital Infantil de Cachoeiro, onde bebê está internado
Foto: Beatriz Caliman

Um menino de dois anos está internado no Hospital Infantil São Francisco de Assis (Hifa), em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado. A suspeita é de que ele tenha sido infectado pela gripe H1N1, mais conhecida como gripe suína.

De acordo com a assessoria do hospital, a criança está internada desde a última sexta-feira (10), em um setor isolado de outros pacientes, como manda o protocolo nesses casos. A criança chegou com um quadro de gripe muito grave, com sintomas que incluíam sangramento, dificuldade de respirar, muita febre, tosse, calafrios e dores no corpo.

O H1N1 é um um tipo de gripe, porém mais severo, que pode matar se não for diagnosticado a tempo. A forma de contágio é a mesma de uma gripe comum. A coleta do material para análise foi feita e enviada para o laboratório em Vitória. O resultado deve sair em até três dias.

A gripe H1N1 fez muitas vítimas em 2016 no Estado. Foram 201 casos e 45 mortes. Em 2017 e este ano, até agora, não há nenhuma caso confirmado da doença no Espírito Santo.

SECRETARIA DE SAÚDE

A Secretaria de Saúde de Cachoeiro de Itapemirim informou poe meio de nota que acompanha o caso. Nesta terça-feira (13), a Vigilância Epidemiológica vai na creche onde a criança estuda e na casa da família.

ORIENTAÇÕES

Os sintomas da gripe H1N1 são febre alta e súbita, tosse, dor de garganta, dor co corpo, nas articulações e na cabeça. E um sintoma que chama a atenção é a falta de ar e o cansaço excessivo. Como a forma de contágio é a mesma da gripe comum, é importante lavar sempre as mãos e tomar cuidado ao ficar em ambientes fechados.

Com informações de Marla Bermudes/TV Gazeta Sul

 

Ver comentários