Notícia

Chuva causa transtornos para moradores do Sul do Estado

Ainda não há registro de famílias desabrigadas ou desalojadas na região

Várias cidades do Sul do Estado tiveram ruas alagadas após as chuvas das últimas horas. Em Atílio Vivácqua, famílias ficaram ilhadas após uma lagoa transbordar. Em Alfredo Chaves, a rodovia que dá acesso à BR 101 ficou parcialmente interditada após uma queda de barreira. Ainda não há registro de famílias desabrigadas ou desalojadas na região.

O Rio Muqui, que corta Atílio Vivácqua, subiu pouco mais de um metro acima do normal e nenhuma casa foi alagada. De acordo com a Defesa Civil, na cidade foram registradas quedas de barreiras em estradas do interior, mas máquinas da prefeitura estão liberando os locais. Na localidade de Vendinha, 15 moradores ficaram ilhados após uma lagoa transbordar.

A equipe técnica da Defesa Civil esteve no local e vai emitir um parecer técnico e enviar para os órgãos competentes.

Leia também

Em Anchieta, equipes da Defesa Civil estão percorrendo o interior e a sede do município para avaliar os estragos. Uma ponte corre risco de cair e o local está sendo sinalizado. Além disso, foram registrados pontos de alagamentos em Iriri, Ubu e no Centro da cidade. Ainda não há o registro de famílias desabrigadas ou desalojadas.

Em Alfredo Chaves, a Rodovia Lauro Pereira Pinto, que liga Alfredo Chaves à BR 101, ficou parcialmente interditada após uma queda de barreira. A pista foi liberada às 11h. Além disso várias ruas ficaram alagadas, mas não há o registro de famílias desabrigadas ou desalojadas.

Em Cachoeiro de Itapemirim, não foram registrados estragos até este momento.

Ver comentários