Notícia

Falso dentista de 70 anos é detido atendendo paciente no ES

Falso dentista, de 70 anos, atendia há quase 10 anos no município

A fiscalização do Conselho Regional de Odontologia do Espírito Santo flagrou nesta quinta-feira (12) um falso dentista no momento em que prestava atendimento a paciente em consultório irregular em Dores do Rio Preto, na Região do Caparaó. O falso dentista, de 70 anos, atendia há quase 10 anos no município.

Consultório foi interditado nesta quinta-feira (12)
Consultório foi interditado nesta quinta-feira (12)
Foto: Divulgação/CRO-ES

O flagrante aconteceu por volta das 10h. Segundo o fiscal do Conselho de Odontologia, Frank Moraes, o falso dentista, de 70 anos, foi hospitaleiro ao ser abordado. O falso dentista tinha apenas registro de técnico em saúde bucal (TSB). A vigilância sanitária de Dores do Rio Preto foi acionada e também lacrou e interditou o local, por estar em desacordo com normas de saúde.

“No momento da ação, ele atendia um paciente, esperamos e o cliente, não quis acompanhar a equipe para denunciá-lo. O falso dentista assumiu que é prático, que não possui formação e atua há cerca de 5 anos no município”, contou o fiscal. Com o apoio da Polícia Militar, ele foi encaminhado a delegacia do município para ser ouvido.

O CRO percorreu também os municípios de Afonso Claudio e Guaçuí nesta semana. No mês passado, outros dois estabelecimentos irregulares foram interditados, em Linhares.

Em 2018, entre os meses de janeiro e junho foram realizadas mais de 1,7 mil visitas em todo o Estado. Em todo o ano de 2017, o número total de visitas havia sido de 1.129.

Ver comentários