Notícia

Bombeiros resgatam jovens perdidos em mata no Caparaó

Uma aeronave foi usada para localizar os jovens, que são moradores de Iúna

Após resgate jovens foram para Iúna
Após resgate jovens foram para Iúna
Foto: Corpo de Bombeiros

Dois jovens perdidos na região do Caparaó foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros na manhã desta terça-feira (04). Eles fizeram contato com os militares na terça-feira por meio de um telefonema por celular. OS jovens de 17 e 21 anos ficaram 20 horas na mata e o resgate durou 16 horas.

Segundo os militares da unidade de Guaçuí, as vítimas conseguiram contato pelo próprio celular com o telefone de emergência - 193, já por volta das 23h. Com a triagem da ocorrência,  polícia conseguiram extrair a geolocalização dos dois, que estavam na mata, sob o cume do "Colossos", no limite entre os municípios de Iúna e Muniz Freire.

O aparelho celular de um dos jovens estava com pouca bateria e os bombeiros faziam contato com a máxima extração das informações em um curto período de tempo. O chefe da operação, aspirante a oficial Peçanha, contou que os jovens começaram a aventura já durante a tarde e não levaram água, alimento ou qualquer barraca para dormir.

Por conta das coordenadas geográficas, as equipes não tiveram problemas em chegar à localidade, segundo os bombeiros. Eles chegaram na madrugada do dia 3, porém não era possível entrar a vegetação para fazer as buscas.

"Eles foram até o pico para passear. Porém, foram à tarde, por volta das 16h. O celular de um deles acabou a bateria. Demos orientações para que fizessem uma fogueira, abrir uma clareira e ficar no mesmo local. Porém, quando a equipe chegou no ponto, eles não estavam mais lá", afirmou o aspirante.

Uma aeronave foi usada para localizar os jovens, que são moradores de Iúna. Eles foram encaminhados ao pronto atendimento de Iúna, debilitados, mas lúcidos e com boa saúde.

A ação contou com o apoio de duas equipes dos Bombeiros, um helicóptero e a Defesa Civil do município de Iúna.

Ver comentários