Notícia

Anjo de presépio é roubado em Alegre

Com mais de 50 anos na igreja, a estatueta foi furtada no último domingo (2). Nela, havia R$ 12, que foram utilizados pelo ladrão para comprar uma pedra de crack

Anjo faz parte da história cultural e patrimonial da Igreja Matriz de Alegre
Anjo faz parte da história cultural e patrimonial da Igreja Matriz de Alegre
Foto: Divulgação

Uma peça decorativa do presépio da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Penha, em Alegre, na Região do Caparaó, virou caso de polícia. Um anjo, com mais de 50 anos na igreja, foi furtado no último domingo (2). Dentro da estatueta, havia uma pequena quantia de dinheiro.

De acordo com o pároco, Enildo Genésio de Souza, o anjo faz parte da história cultural e patrimonial da paróquia, além de ter um grande valor sentimental desde a época dos Monsenhores. “Queremos nosso anjo de volta, as crianças gostam muito de brincar com ele. Se alguém tiver alguma informação pode ligar para o disque-denúncia”, informou o padre em sua rede social.

> Família de Sooretama faz vaquinha para trazer ao ES corpo de jovem morto nos EUA

O caso foi registrado na 6ª Delegacia de Polícia de Alegre e as imagens de videomonitoramento foram entregues à investigação. Nesta terça (5), o ladrão foi identificado e levado para a delegacia. Em depoimento, o ladrão informou que furtou a imagem para pegar R$ 12 que tinha dentro da peça para comprar uma pedra de crack e dois cigarros. O anjo foi quebrado, jogado no lixo e não foi mais localizado.

O padre afirma que vai adquirir novo anjo para a paróquia e deixou a mensagem que é preciso perdoar. “Me coloquei à disposição se ele quiser mudar de vida e se quiser ajuda para se internar na Fazenda Esperança. Peço a todos que reze por ele! Vamos perdoar! Jesus nos ensinou a amar. Não vamos guardar raiva e nem ódio no coração. Aos paroquianos, quero afirmar que vamos providenciar outro anjo. Vamos ter outro anjo e virar a página reescrevendo uma nova história”, escreveu Enildo Genésio de Souza em suas redes sociais.

Ver comentários