Notícia

Moradores reclamam de capela mortuária abandonada em Castelo

Quando morre uma pessoa da comunidade de Aracuí os velórios são em Castelo ou na quadra do bairro Pantanal

Moradores reclamam de capela mortuária abandonada em Castelo
Moradores reclamam de capela mortuária abandonada em Castelo
Foto: Internauta

Moradores da comunidade de Aracuí, em Castelo, no Sul do Estado, reclamam do abandono da capela mortuária. Eles dizem que o local, inaugurado há pouco tempo, foi alvo de ação de vândalos. Os velórios de moradores da comunidade têm que acontecer em outros locais.

As imagens mostram que o forro de PVC está caindo, em alguns pontos já aparecem as telhas, muitas estão furadas e, quando chove, molha tudo dentro do local. As janelas estão com vidros quebrados, a porta também na mesma condição. A tampa do vaso do banheiro foi arrancada e outras peças foram quebradas.

De acordo com os moradores, o o local está servindo para usuários de drogas e prostituição. Sem condições de fazer cerimônias no espaço, quando morre uma pessoa da comunidade de Aracuí, os velórios têm que ser feitos em Castelo ou na quadra do bairro Pantanal.

O OUTRO LADO

Por meio de nota, a prefeitura de Castelo informou que o projeto de reforma da Capela mortuária de Aracuí está pronto e em breve será feito o processo para escolher a empresa que vai fazer o serviço, mas não divulgou quando.

Ver comentários