Notícia

Menina faz ensaio fotográfico com égua de estimação no Caparaó

A estudante mora com a família na localidade de Córrego do Lage, em Iúna, na região do Caparaó

“Não troco a Pombinha nem por uma fábrica de chocolate”, disse a pequena Melyssa Azzini Guedes de seis anos que há quatro anos tem uma égua de estimação. Ela gosta tanto do animal que pediu para a mãe, que é fotógrafa, para fazer um ensaio fotográfico. A estudante mora com a família na localidade de Córrego do Lage, em Iúna, na região do Caparaó.

VEJA FOTOS

Melyssa ganhou a égua de presente do avô quando tinha apenas dois anos de idade. “Consegui amansar ela e hoje amanso ela só levando uma maçã. Se outra pessoa correr atrás dela não consegue pegar, só eu. Pombinha já teve dois filhotes, um é do meu avô e o outro é meu”, contou.

Na sexta-feira (18), Melyssa pediu para a mãe e fotógrafa Marluise Azzini, de 27 anos, fazer um ensaio fotográfico com o seu animal de estimação. “De vez em quando gosto de tirar fotos dela e, como sou fotógrafa, ela pediu para tirar uma fotos com a melhor amiga. Pegamos umas roupinhas, um chapéu e fomos para o pasto fazer o ensaio. Foi super rápido”, contou a fotógrafa.

Marluise ainda disse que a filha gosta de outros animais como coruja e cachorros, mas a relação com a égua Pombinha é diferente. “Quando ela ganhou foi paixão à primeira vista. Era muito pequena e as pernas nem cabiam na sela. Ela queria ficar com ela 24 horas por dia e até hoje é assim. Ela morre de rir, mas a gente quase morre com medo dela cair. E ela gosta”, revelou.

Pombinha, que tem a idade desconhecida pelos proprietários, teve duas crias. A primeira é a Jasmim e o outro filhote nasceu há seis dias e ainda não foi batizado.

Ver comentários