Notícia

Professores cruzam os braços por um dia em Alegre

Os manifestantes devem ficar até as 17h na Praça da prefeitura

Um grupo de professores realiza uma manifestação nesta quarta-feira (15) em Alegre, na região do Caparaó. Eles reivindicam a revisão anual da remuneração, que estaria com perdas que ultrapassam 50%. A previsão é de que os manifestantes permaneçam na Praça Getúlio Vargas - em frente à prefeitura - até as 17h.

Com cartazes, aproximadamente de 70 pessoas - estimativa dos sindicato - saíram da Praça da Maçonaria com destino à Praça da Prefeitura. O Sindicato de Servidores Públicos emitiu um comunicado explicando os motivos da manifestação. Segundo o documento, o ato foi decidido durante assembleia realizada na quarta-feira da última semana.

Karina Gonçalves é professora na rede pública há 17 anos. Ela garante que o salário está defasado desde 2013. “As perdas salariais são de 52%. E essa defasagem começou em 2013, mas de 2017 para cá não tivemos nenhum aumento”, disse.

O OUTRO LADO

 

A prefeitura preferiu não se manifestar em relação às reivindicações dos servidores.

Ver comentários