Notícia

PM apreende arma que era negociada pelo WhatsApp em Cachoeiro

A arma era um revólver calibre 38 e tinha cinco munições.

PM apreende arma que era negociada pelo WhatsApp em Cachoeiro
PM apreende arma que era negociada pelo WhatsApp em Cachoeiro
Foto: Divulgação - Polícia Militar

Uma mulher foi presa, em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, após tentar vender uma arma pelo WhatsApp na noite de quinta-feira (20). A prisão foi feita após militares receberem as informações da venda e abordarem um homem, no bairro Coronel Borges, que os levou até uma mulher.

O homem abordado justificou que a venda da arma era feita por uma amiga que está em dificuldades financeiras. A polícia foi até a residência da mulher, que fica no bairro Zumbi, onde foi comprovado o crime.

A mulher contou que o revólver calibre 38 era do seu ex-marido e mostrou que a arma estava guardada dentro do guarda-roupa junto a cinco munições. Ela foi detida e a arma apreendida.

A Polícia Civil informou que o dono da arma se apresentou espontaneamente à Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim. Como não houve flagrante, ele foi ouvido e liberado. O caso seguirá sob investigação na Delegacia de Infrações Penais e Outros (DIPO) de Cachoeiro de Itapemirim. 

 

 

Ver comentários