Notícia

Cronos 1.8 manual: feito para o motorista raiz

Diferença entre versões manual e automática é de R$ 1.800

Modelo é equipado com rodas de liga leve aro 16
Modelo é equipado com rodas de liga leve aro 16
Foto: Fiat Divulgação

É inegável que o câmbio automático traz um conforto sem igual na condução de um veículo. Por isso, é comum que a economia seja o principal fator na hora da escolha por uma transmissão manual, mas o Cronos 1.8 manual é a prova de que ainda existem motoristas “raiz” por aí, que realmente preferem passar as marchas.

O modelo custa R$ 66.990. Com mais R$ 1.800, o carro é equipado com câmbio automático de 6 velocidades. Ou seja, quem escolhe esta versão é porque quer ter o carro “na mão”, como só a boa e velha troca de marchas manual permite.

Porta-malas tem 525 litros. No interior, os bancos são em tecido, e a central multimídia de 7 polegadas espelha aplicativos de smartphones
Porta-malas tem 525 litros. No interior, os bancos são em tecido, e a central multimídia de 7 polegadas espelha aplicativos de smartphones
Foto: Divulgação/ FIAT

E quem faz a escolha leva para casa uma transmissão de cinco velocidades já muito conhecida no mercado, que tem engates precisos e agradáveis. Ela faz par com o motor E.TorQ 1.8 16V, que entrega até 139 cavalos de potência a 5.750 rpm e 19,3 kgfm de torque máximo a 3.750 rpm.

Leia também

O propulsor também equipa a Fiat Toro e o Jeep Renegade, mas é com o Cronos e o Argo que ele se comporta melhor, devido ao baixo peso, que garante o consumo de 11,6 km/l na cidade e 13,8 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina. Um bom número para um modelo 1.8.

 

 

O conjunto dá segurança em ultrapassagens, mas é um pouco ruidoso, principalmente nas arrancadas. O isolamento acústico, aliás, é um dos pontos fracos do sedã. Os sons externos invadem a cabine. Já a suspensão é firme e muito estável em curvas.

Quando o assunto é conforto, o carro é bem avaliado. Quatro adultos viajam com tranquilidade, o quinto - no banco do meio - vai sentir um pouco de incômodo. Todos têm encosto de cabeça e cinto de segurança de três pontos. O porta-malas é espaçoso, tem 525 litros.

O acabamento interno é de plástico, mas tem uma textura agradável. Já os bancos são de tecido nesta versão. Há duas tomadas USB.

EQUIPAMENTOS

Entre os equipamentos, central multimídia flutuante de 7 polegadas, faróis de neblina, controle de cruzeiro, vidros elétricos e retrovisores elétricos, controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, faróis em LED, sensor de estacionamento e alarme.

Interior do Cronos
Interior do Cronos
Foto: Divulgação/ FIAT

Opcionalmente, pode receber air bags laterais dianteiros, câmera de ré, display TFT de 7 polegadas no painel de instrumentos, ar-condicionado automático digital, retrovisor interno com sensor de ofuscamento, retrovisores externos com rebatimento elétrico, chave com sensor de presença para abrir as portas (Keyless Entry’N’ Go), partida por botão, sensor de chuva e de luminosidade, bancos em couro, maçanetas e frisos das portas cromados e rodas de liga leve aro 17. Com estes equipamentos, sai por R$ 78.140.

Segundo levantamento da KBB Brasil, a pedido do caderno Motor, esta versão do Cronos foi a que menos desvalorizou desde o seu lançamento, em fevereiro de 2018. Um carro comprado nesta data, por R$ 62.990, hoje vale R$ 59.622, 5,35% a menos. Nas outras versões, a depreciação varia de -6,96% a -8,72%.

Ver comentários