Notícia

Servidores não devem ser julgados com generalidades

Ao usar temos generalizados como "servidores federais", Gabriel Tebaldi analisa, julga e "condena" pessoas em contextos, esferas e realidades diferentes

Esse conteúdo é exclusivo para assinante.

Assine o Gazeta Online e acesse.

Ainda não é cadastrado?

Cadastre-se grátis

Ver comentários