Notícia

Memórias de quem já foi penetra e estrela de noites de autógrafos

O livro era de poemas. E todos falavam de rosas. No empurra-empurra acabei despejado numa sala menor onde amigos da poetisa declamavam seus versos. Um horror

Esse conteúdo é exclusivo para assinante.

Assine o Gazeta Online e acesse.

Ainda não é cadastrado?

Cadastre-se grátis

Ver comentários