Notícia

Superlotação: futuras mães merecem mais respeito e dignidade

Ficar transferindo responsabilidades, neste momento, não melhora em nada a situação das 34 grávidas que dividem um espaço de 20 leitos no hospital universitário

Esse conteúdo é exclusivo para assinante.

Assine o Gazeta Online e acesse.

Ainda não é cadastrado?

Cadastre-se grátis

Ver comentários