Notícia

População perde o direito de ir e vir por rixa sindical. De novo

É absurdo que rixas de um sindicato sirvam de pretexto para cercear o sagrado direito de ir e vir. Há meios legais para se lutar, que não oneram a população

Esse conteúdo é exclusivo para assinante.

Assine o Gazeta Online e acesse.

Ainda não é cadastrado?

Cadastre-se grátis

Ver comentários