Notícia

"Cultura de vitimização": leitores se dividem sobre entrevista de juiz

Leitores do Gazeta Online repercutem declarações do juiz Carlos Eduardo Lemos. Segundo magistrado, o maior desafio é "conseguir fazer justiça com a legislação que nós temos"

Ao comentar sobre a morte da empresária Simone Venturin Tonani, 42, atingida por um vergalhão arremessado pelo morador de rua Felipe Rodrigues Gonçalves, em Vila Velha, o juiz Carlos Eduardo Lemos afirmou que o maior desafio para os juízes criminais é "conseguir fazer justiça com a legislação que nós temos"

Para o magistrado, que por muitos anos atuou na Vara de Execuções Penais e hoje atua na Vara de Execuções de Penas e Medidas Alternativas, a lei precisa ser revista e é necessário acabar com o que ele chama de "cultura de vitimização desses indivíduos, de que é sempre uma vítima da sociedade".

As declarações do juiz dividiram os leitores. Enquanto alguns concordavam com os argumentos de que o Estado é incapaz de lidar com o problema da violência e citavam a leniência da Justiça, muitos criticavam a opinião do magistrado. "Só veio para falar o que os 'cidadãos de bem' querem ouvir", escreveu um internauta, no Facebook do Gazeta Online. 

Confira alguns comentários:

Não existem vítimas da sociedade. Existem vítimas do sistema gerado por políticos corruptos. O povo não pode mais cair nessas falácias e demagogias. O povo deve ser unido e aprender que política de verdade é feita para todos e não para parcelas divididas. Não a esses políticos de carreira!

Wagner Botelho

Não existe vítima da sociedade e sim vítima de um Estado negligente com seu povo. É muito fácil uma pessoa que estudou nas melhores escolas, com ótimas formações, sentar ali e dizer tamanho absurdo e não reconhecer que o Estado só aumenta as mazelas sociais, criando ainda mais todo o tipo de violências em todo país.

Jésica Nascimento

Parabéns, senhor juiz! Esse bandido que matou a empresária não é vítima da sociedade e sim estava nas ruas por negligência da nossa Justiça. Deveria estar preso há muito tempo.

Arlete Barroso

Muitos desses crackeiros e moradores de rua tiveram tudo na vida, até mesmo boas oportunidades, infelizmente temos uma droga que assombra o país todo e não temos políticas pra combater essa peste!

Bruno Bosi

O problema está em generalizar. Nem 40% dos moradores de rua são crackeiros e minha indignação é com quem defende o massacre de qualquer pessoa que mora na rua. Você já conversou com moradores de rua, sabe a história de todos? Quando o morador de rua entrou na frente do revólver pra salvar uma transeunte e morreu em São Paulo, todos viraram heróis. Por que quando algum comete crime tem que matar todos? Para mim esse juiz só aproveitou a onda pra navegar, ele mesmo diz não ser especialista no assunto. Então só veio para falar o que “os cidadãos de bem” querem ouvir.

Markos Motta

Já passei por uma situação complicada aqui em Jardim Camburi. Por pouco quase levei uma pedrada de um morador de rua, acabou sobrando para o carro que estava estacionado. Ele foi detido, mas no outro dia já estava nas ruas novamente.

Claudia S. Moulin

Eu diria que estamos recuperando pouco e gastando muito. Vale a pena conhecer o Sistema APAC... É um modelo no qual os detentos são tratados como gente, trabalham, vivem com dignidade, sem privilégios, e saem recuperados. Não tem agentes penitenciários, revista vexatória etc. Pesquisem o assunto.

Giszelda Oliveira

Quem tem que mudar as leis são os políticos. Não o fazem com medo de eles mesmos serem presos.

Claudio Tenorio

Somos reféns inclusive dos bandidos de colarinho branco.

Marcina das Graças Souza

Pois é falta um trabalho das assistências sociais com esses moradores de rua... Se houvesse mais ações sociais para essas pessoas, elas estariam no abrigo.

Ana Lucia Godoy Ferreira

É preciso registrar queixa (B.O) em 1º lugar... Senão, como as autoridades vão prender e determinar os lugares que precisam de mais policiamento?

Maria Lucia A. Gama

Estamos prendendo pouco? Oi? Não acredito que essa frase foi dita por um magistrado do ES!!!

Elizabeth Lopes

Estamos educando pouco, curando pouco, criando poucos empregos. O pior é que esse ser ocupa cargo público.

Fabiana Abrahão

Estão educando pouco, o sistema de saúde é pouco, o salário mínimo é pouco!

Jackeline Corcini

A prisão não é pouca. A polícia cumpre o seu papel. É preciso mudar as leis, que são frágeis. A polícia prende e a Justiça solta.

Mendes Dunga

Vítimas da sociedade? A sociedade que é vítima do descaso político, da incompetência da Justiça e das ideias utópicas de especialistas sem conhecimentos.

Wagner Gomes

Usuário de drogas é doente e tem direito de escolha em fazer tratamento ou não. Ninguém quer segurar esse rojão, nem família, nem o Estado... sobra para quem o problema? Para a sociedade como um todo, à mercê da sorte.

Daniela Durço

Um juiz reproduzindo discurso da Tia do Whatsapp.

Marcela Chiesquini

Ver comentários