Notícia

"Se ele está estressado, imagine o paciente", diz leitor sobre médico

Atitude do médico Aurédio José do Couto, que causou quebra-quebra na Unidade Saúde de Jardim América, em Cariacica, dividiu a opinião dos leitores do Gazeta Online

Médico quebra cadeiras, bagunça prontuários e derruba prateleira em Posto de Saúde em Jardim América, Cariacica, na manhã desta terça-feira (15)
Médico quebra cadeiras, bagunça prontuários e derruba prateleira em Posto de Saúde em Jardim América, Cariacica, na manhã desta terça-feira (15)
Foto: Reprodução

Revoltado com a falta de condições de trabalho na Unidade Saúde de Jardim América, em Cariacica, o médico Aurédio José do Couto jogou gavetas no chão e derrubou prateleiras e documentos nas instalações do local na manhã de terça-feira (15). Por conta do quebra-quebra, pacientes com consulta marcada ficaram sem atendimento. 

A atitude do médico foi flagrada em vídeo e fotos feitas por um paciente que aguardava atendimento no local. As imagens mostram gavetas destruídas e prontuários médicos completamente bagunçados. 

>Polícia vai intimar médico que fez quebra-quebra em posto de saúde

O médico de 71 anos foi o primeiro servidor da Saúde do município. "Ele trabalha em Cariacica desde 1971. Ele acompanhou o desenvolvimento da comunidade de Jardim América e fez parte da construção daquela unidade de saúde. Ele é parte da história do município", conta a secretária municipal de Saúde, Stéfane Legran Vilaça Macedo. 

Nesta quarta-feira (16), já mais calmo, Aurédio José do Couto até brincou ao conversar com a imprensa: “Se eu tiver que examinar sua amídala (garganta), tenho que chupar um picolé e tirar o palito”.

>Prefeitura nega falta de material em unidade de saúde de Cariacica

A atitude do médico dividiu a opinião dos leitores. "Simplesmente cansou de ver tamanho absurdo e desleixo e ficar calado", escreveu Aline Vieira Costa, na página do Gazeta Online no Facebook. "Se fosse um paciente fazendo isso, ele seria o primeiro a chamar polícia", rebateu Regina Carvalho. 

Confira alguns comentários: 

É professor surtando, policiais, enfermeiros, médicos... Estão fazendo isso porque sabem do problema, mas não veem atitudes dos governantes, que se escondem em seus gabinetes e carros luxuosos com seguranças, se escondem em hospitais e clínicas particulares. Esse médico certamente não aguenta mais ver como o povo tem sido tratado com descaso! E não é por falta de dinheiro, afinal os impostos continuam sendo recolhidos!

Anisio Freichos

Não justificando, mas deve ser revoltante não ter recursos para trabalhar... ver o cidadão sofrendo com a precariedade do sistema de saúde pública. Se pronunciem, prefeito e governador. Ano de eleição... Acorda, ES!

Gil Marcos Fernandes

Quem se preocupa com o outro não piora a situação de espera das consultas. Ponto. Essa reação dele dele me entristece, porque foram prontuários, fichas, cadastros.... Tudo desorganizado. Afeta mais ainda a população, sabe?

Karoline Mariani

Se todos os médicos fizessem isso, talvez o governo desse maior atenção, para termos um atendimento digno.

Madalena de Fátima Campostrini

A pessoa estuda anos para uma profissão tão importante, que é cuidar da vida, para trabalhar em condições precárias... Simplesmente cansou de ver tamanho absurdo e desleixo e ficar calado.

Aline Vieira Costa

Tá estressado? Tá! É revoltante? É sim! Mas até onde sei depredação de patrimônio público é crime...

Michelle Vianna Hoffmann

Lembrem-se de que o médico é um ser humano como qualquer outro e também precisa de cuidados, compreensão e amor... e sobretudo condições dignas para socorrer os pacientes necessitados.

Lavinia Alves

Esse médico precisa de um atendimento no psicólogo. Isso não justifica. Não estou duvidando do profissionalismo dele, só acho que quebrar tudo não foi uma atitude correta. Se fosse um paciente fazendo isso, ele seria o primeiro a chamar polícia.

Regina Carvalho

Parece ter surtado. Acho que se o objetivo era protestar pelo descaso do poder público, causaria mais se atendesse seus pacientes na calçada.

Kenia Loyola

Não concordo com a ação do médico, mas se ele está estressado, imagine o paciente...

Delcimar Santos

Os médicos são sempre crucificados pela população por mal-atendimento, mas não imagina que eles trabalham em situação precária, estressante, às vezes um médico para atender uma multidão. Ou alguém acha que os médicos não têm compaixão por esses pacientes? Mas ninguém vai atras do poder público, que é responsável por esse caos na saúde!

Cacá Lopes Silva

Os profissionais de saúde têm que ficar apagando incêndio, tapando o sol com a peneira, se omitindo de denunciar o descaso com a saúde pública! Aí, chega uma hora que o funcionário surta, tamanha é a pressão.

Cristina Freire

Quem conhece a US de Jardim América sabe bem como a estrutura é precária. O profissional vai aguentando muita coisa e chega uma hora que surta.

Rô Silva

Uma vergonha para Cariacica. Além de ter pouquíssimos médicos, ainda não tem condições para que trabalhem. Para os pacientes ainda é muito pior, não tem lugar para sentar e em muitas das unidades os banheiros estão trancados por estarem quebrados. Vários materiais, como cadeiras e mesas, estão empilhados como entulhos em algum canto das unidades. Cariacica está abandonada. Acorda, Juninho.

Luciene Silva

Gostaria de saber a que esse chilique o levou, além de mostrar o quão desequilibrado esse profissional se encontra. Melhorou as condições de trabalho dele? Melhorou as condições de atendimento à população? Acho que não, né. Tá insatisfeito? Pede exoneração e vai trabalhar onde lhe agrade, lute legalmente pelos seus direitos, acione o seu conselho ou até mesmo deite na BR que passa. Depredação de patrimônio público é crime e espero que o doutor responda por ele. Vá se tratar ao invés de piorar o que já está ruim.

Layla Campos

Gostaria de saber o porquê de tanta falta de empatia. Trabalhar sem dignidade e sem reconhecimento durante tantos anos não é nada fácil. A saúde pública está caótica, principalmente no município de Cariacica.

Viviane Martins

Médico, como qualquer outro ser humano, também surta, e a motivação nesse caso é explícita: falta de condições de trabalho, o que causa com certeza muita indignação, quanto mais se tratando de saúde. Espero que esse ato sirva para a gestão tomar medidas para solucionar os problemas e dê condições de trabalho dignas aos servidores.

Eusicler Monteiro

Eu tenho amigos médicos que já tiveram que comprar anestésico para poder operar paciente. Todo e qualquer trabalhador precisa ter condições mínimas de trabalho. É um absurdo não ter uma sala para poder examinar os pacientes.

Mari Inez Tavares

O profissional merece ser respeitado, apoio ele, e que patrimônio??? Uns cacos de mesas, cadeiras, armários sujos??? Um lugar nada digno para atender o ser humano. Fez certo, gostei da atitude dele. Percebo que a maioria dos gestores não faz nada para melhorar a saúde pública. Vergonhoso tudo isso.

Lais Amorim

Cariacica está mesmo um caos. Se até o médico está assim, os pacientes estão bem pior. Assim como a educação, a saúde está de mal a pior. Escolas sem reformas, postos de saúde sem material de trabalho e profissionais mal-remunerados fazem com que se revoltem.

Sandra Dorneu

 

Médico foi à unidade de saúde de Jardim América, em Cariacica, nesta quarta-feira
Médico foi à unidade de saúde de Jardim América, em Cariacica, nesta quarta-feira
Foto: Caíque Verli

Mas o que adiantou? Só piorou para os pacientes que estão sem atendimento. Só acho que ele estava em um ataque de fúria. Agora vai um paciente fazer isso... vai preso porque está destruindo um patrimônio público.

Katia Lima

Ok, o médico não tem sala e o mínimo de condições para exercer sua profissão. A saúde no nosso país está uma vergonha. Mas... precisava quebrar o resto do que já tá pela metade? Protestar por melhores condições, dignidade, eu concordo plenamente, mas vamos fazer isso do jeito certo. Se para buscar melhoria a gente quebra o pouco que funciona da instituição, o que sobra?

Fernanda Nascimento Cardoso

É triste um médico que realmente leva sério a preocupação com os pacientes chegar em seu local de trabalho e não ter meios adequados para exercer sua atividade. Que bom que esse médico se preocupa tanto com seus pacientes a ponto de fazer o que fez.

Sana Souza

Ele fez o que muitos têm vontade de fazer, independentemente se é médico ou paciente. Todos estamos sofrendo de alguma forma com tanta falta de respeito dos nossos governantes.

Sandra da Silva Sousa

Uns reclamam que não tem médico... esse profissional querendo trabalhar, não tem sala!! Uma coisa simples de resolver diante de tantos problemas na saúde pública! Pelo amor de Deus, prefeitura! Arrumem uma sala digna para atendimento digno, para um profissional digno!

Guia Shirley Mattos

Então as professoras têm que quebrar todas as salas de aula. Se fosse um paciente que fizesem isso, sairia preso.

Zenilda Carvalho

Se ele que é médico não está aguentando, imagina nós que precisamos do atendimento.

Ivanilda Lima

É uma pena ver um profissional chegar a esse ponto de não conseguir exercer sua profissão dignamente. A infraestrutura da saúde pública está cada dia pior! Não veremos melhoras tão cedo!

Timothy Slaughter

Ele está certo, acho que foi pouco. Em 40 anos de trabalho nesse lugar, imagino o que esse médico já viu de descaso ao ser humano. Chegou no limite dele.

Joseani Lords Pavan

Minha revolta é por ninguém ter ajudado a quebrar. Quem conhece esse posto sabe das condições precárias em que se encontra: os consultórios não têm sequer forro ou laje, os prontuários feitos manualmente, sendo necessário um grande número de funcionários para ficar procurando prontuário em caixas de papelão que ocupam uma sala gigantesca.

Úrsula Varjão Hatakeyama Costa

Com certeza esse médico é bom, se preocupa com o ser humano. Eesse quer trabalhar, enquanto outros só vão para assinar o ponto e saem.

Maria Erenici Agrizi

Infelizmente, nossos profissionais estão ficando assim! Ontem tive a oportunidade de ir no PA do contorno de Cariacica com minha mãe, e pude vê o quanto esses profissionais sofrem! Parabéns para esses guerreiros, que infelizmente não são valorizados como deveriam!

Jakson Jakel

Não tiro a razão da fúria, da frustração desse trabalhador. Na hora da raiva a gente não pensa e perde o controle. Mas fazendo como ele fez infelizmente não afetou em nada os responsáveis pela desvalorização da saúde pública, afetou sim a população.

Aline Kloss

Quero saber se vão agir com ele como faz com os pais que fazem isso guando não tem atendimento.

Mary Lu Victoria

Estamos realmente já no limite. Os médicos sem condições de trabalho e a população sem atendimento. E hora de saber votar, pessoal.

Marta Walsh

A saúde está doente há muito tempo e todos estão fechando os olhos para isso. O estado com que os profissionais trabalham é precário, a superlotação, poucos profissionais, excesso de trabalho, de cobrança, de carga-horária, desvalorização e uma hora ou outra da nisso. Ninguém está aguentando mais.

Kariny Guidoni

Todo mundo tem seu dia de fúria, trabalhar com ser humano é muito difícil, na rede pública pior ainda, sem condições de trabalho um absurdo... Com tanta gente roubando aqui no Brasil, os profissionais de saúde e professores são os mais prejudicados. Muito triste essa situação, mas só ele sabe o que estava aguentando!

Juliane Giro Moreno

Ver comentários