Notícia

Leitores comentam proposta de suspensão das placas do Mercosul

Novo padrão, que começou a ser instalado no ano passado, recebe críticas pelo valor para a troca das placas, mas também elogios pelo aumento dos dispositivos de fiscalização

Carro circula em Vitória com placa padrão Mercosul
Carro circula em Vitória com placa padrão Mercosul
Foto: Fernando Madeira

O presidente Jair Bolsonaro anunciou na quinta-feira (14), em transmissão ao vivo em uma rede social, que pretende retirar as placas do Mercosul de circulação no Brasil. "Vamos ver se a gente consegue anular a placa do Mercosul. É um constrangimento, uma despesa a mais", afirmou no vídeo.

 

O novo padrão de placas começou a ser instalado no ano passado. Desde então, recebe críticas pelo valor para a troca das placas, em torno de R$ 250, e por não trazer por escrito a cidade e o Estado de registro do veículo. 

Mas o modelo também é elogiado por aumentar a segurança, já que vêm com marca d'água e tira holográfica, que dificultam a clonagem; um código QR, que permite acesso rápido aos dados do veículo, sem necessidade de documento físico); e um chip para armazenar informações sobre roubos e furtos e evasões de divisas. 

A padronização do modelo em vários países (Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela), como acontece na União Europeia, também abre caminho para a criação de um banco de dados único, o que facilita a fiscalização entre fronteiras. Uruguai e Argentina já adotaram o novo sistema. 

No Facebook do Gazeta Online, centenas de leitores manifestaram opinião sobre a mudança no modelo de placas. Confira alguns comentários:

 

 

Muita falta de respeito com o cidadão brasileiro. Muitos se deslocaram da sua cidade para fazer o tal serviço de troca de placa, e agora vão ter que retirar! (Elisangela Sacramento)


Alguém pode me informar para que servem essas placas, a não ser custo ao proprietário para gerar mais dinheiro para alguém? Está certo o presidente, mas tem gente que vai ser contra apenas por ser proposta do Bolsonaro! (Fabio Ritis)


Mas a placa veio por necessidade. A sequência de letras e números estava se esgotando. Se retirar essa do Mercosul, qual será a outra solução? (Rafael Vix)


O problema dele é com o Mercosul. Nem se dá ao trabalho de procurar saber o porquê da mudança da placa. (Juçara Luzia Leite)


Só faltou dizer que a placa era comunista. Na Argentina, todos os carros novos já usam essa placa. (Hélio J. Santiago Ferreira)


Sr. presidente , o Brasil está precisando de tanta coisa. O senhor pode parar de se preocupar com coisas pequenas. Isso não e importante. (Maria Angela Dos Santos)


Pelo que eu entendi, essas novas placas só vão gerar custo ao primeiro prioritário do veículo ou então para quem está adquirindo um veículo usado. Acho caro, sim, é o valor cobrado para fazer a troca. Isso é algo q tem que deve ser revisto. (Andre Cerri)


Ótimo! Tira mesmo. Inventaram essas placas só para roubar mais dinheiro do povo. R$ 250 é muito dinheiro para dar numa placa que não vai acrescentar em nada ao Brasil. (Sandra Monteiro)


Essa placa Mercosul é ridícula, só pra tirar dinheiro do cidadão. A placa nem sequer tem município e Estado. Simplesmente só tem Brasil. Até para a gente passar uma informação para a polícia ficou complicado, porque além de não ter Estado nem município a placa agora tem uma letra no meio do número para dificultar a memorização. (Camila Pinheiro Dantas Fadini)


Tá muito bom. Só quero saber: quem já levou a facada do valor que pagou, como vai ficar? Quem vai devolver o que pagamos? Ou a próxima vai sair de graça? (Marina de João)

Ver comentários