Notícia

Leitores prestam homenagem a Carlos Tourinho, morto no domingo

Jornalista e doutor em Ciências da Comunicação, que atuou por quase 30 anos na Rede Gazeta, foi muito lembrado por sua simpatia e pelo profissionalismo

Carlos Tourinho em 2009, quando lançou livro sobre inovação no telejornalismo
Carlos Tourinho em 2009, quando lançou livro sobre inovação no telejornalismo
Foto: Bernardo Coutinho

Jornalista e doutor em Ciências da Comunicação, Carlos Alberto Moreira Tourinho, de 57 anos, morreu no início da tarde de domingo (31), na Praia da Costa, em Vila Velha. Tourinho estava com o filho, o servidor público Felipe Tourinho, 30, quando começou a passar mal. Ele chegou a ser socorrido na areia por salva-vidas, pelo Samu, mas não resistiu e acabou falecendo no local.

Tourinho trabalhou durante 28 anos na Rede Gazeta. Ele, que começou como repórter, chegou a ser apresentador e chefe de reportagem na TV Gazeta. O jornalista também foi comentarista da Rádio CBN Vitória sobre inovação. Atualmente, Tourinho era doutor em Ciências da Comunicação e dava aulas na Universidade Vila Velha (UVV). Ele também já foi diretor de Jornalismo multimídia da Rede Record News no ES/Rede Sim, responsável pela implantação do telejornalismo na emissora.

Nas redes sociais, amigos, alunos e colegas de profissão lamentaram a perda e prestaram homenagens ao jornalista. Entre os relatos dos que o conheceram, as lembranças mais comuns eram da simpatia e do profissionalismo de Tourinho. Confira alguns comentários deixados pelos leitores no Facebook do Gazeta Online:

Lamento profundamente a partida do Tourinho. Gente boa que nos deixa tão cedo! É o mistério de Deus que nos pega de surpresa! Vai deixar saudades. Vá com Deus, amigo. Meus sentimentos à família. (Leida Modenese)

Muito competente, inteligente e simpático. Siga seu caminho de luz. (Tina Oliveira Bortuluci)

Meus sentimentos à família e à Rede Gazeta, que nos apresentou esse grande jornalista. (Neide Marinho)

Eterno mestre, está em melhor lugar ao lado de nosso Deus. Meus sentimentos aos familiares, aos amigos e a toda categoria da imprensa capixaba e nacional. Fico lisonjeada de o ter conhecido e poder absorver seus ensinamentos. (India Zulu Alfa)

Meu palestrante no Cineteatro da UVV-ES, sobre fake news em 2018. Sempre o encontrava nos corredores da universidade, sempre procurando cumprimentá-lo. Uma perda, pois além de renome na área da Comunicação, vinha desenvolvendo projeto como professor da UVV. Como graduando em Administração Geral, fica um grande aprendizado e conhecimento para aplicação no exercício profissional de diversas profissões. Meus sentimentos à família enlutada.  (Virgílio Queiroz Nogueira)

Nossos sentimentos à família e aos colegas de profissão. Que Deus os conforte neste momento de tamanha tristeza. (Jacy Silva Vieira)

Tive um enorme prazer em conhecê-lo e mantivemos bons diálogos. Sabia ouvir com atenção e era extremamente profissional em reportar fatos e não opiniões. Meus sinceros sentimentos e condolências à família neste momento de dor. (Hugo Marques)

Que tristeza! Perdemos um grande expoente do jornalismo. Lamentável! (Edger Knox)

Fiquei muito triste. Que Deus conforte o coração da família. Infelizmente chegou o dia dele partir. Meus sentimentos à família e à Gazeta, foi um grande profissional. (Vanuza Souza)

Ver comentários