Notícia

Leitores se dividem sobre proposta de festa semanal na Rua da Lama

Projeto de lei aprovado na Câmara de Vereadores de Vitória pretende regularizar a realização de evento musical às terças, quintas e sábados, na tradicional área boêmia de Jardim da Penha

Rua da Lama em noite de festa: moradores reclamam do excesso de barulho
Rua da Lama em noite de festa: moradores reclamam do excesso de barulho
Foto: Gazeta Online

O projeto de lei que pretende regularizar a realização de uma festa semanal, às terças-feiras, quintas-feiras e sábados, na Rua da Lama, em Jardim da Penha, foi aprovado na quarta-feira (10) na Câmara de Vereadores. A proposta, que obteve 10 votos favoráveis e dois contrários, segue agora para sanção do prefeito Luciano Rezende. 

A Rua da Lama é como ficou conhecida a Avenida Anísio Fernandes Coelho, no trecho entre a Praça Wolghano Netto e o cruzamento com a Rua Alziro Zarur, nas proximidades da Ufes. Autor do PL 5023/2018, o vereador Vinicius Simões defende que o local é um ponto de encontro tradicional que tem grande potencial para a promoção da cultura na Capital.

>Projeto movimenta a Rua da Lama e dá espaço a artistas capixabas

Com a regularização do evento, voltado para a divulgação de diversos gêneros musicais, a prefeitura passaria a organizar a atração, que hoje ocorre por iniciativa de donos de estabelecimentos da região. As festas na Rua da Lama, no entanto, já foram alvo de muitas reclamações de moradores, por conta do barulho e da grande circulação de pessoas. 

>Barulhentos da Rua da Lama podem sofrer ação penal

No Facebook do Gazeta Online, os leitores se mostraram divididos sobre a proposta. Confira alguns comentários:

Se não quiser ir à Lama, é só não ir. No Rio tem a Lapa; em São Paulo, a paulista e a Vila Madalena... por que não fazer da Lama um espaço de lazer? O projeto visa a organizar as festas e não a deixar que vire um Mandela. Galera aqui quer transformar Vitória numa roça. (Kaique Lopes)

E quem mora lá? Tem que abandonar a própria casa para poder dormir? (Paulo França Lacerda)

Por que não no Centro Histórico? Já seria um passo para a tão falada revitalização. (Glayds Sgulmaro)

Uma falta de respeito com todos os moradores que paga os seus impostos corretamente! O povo vai dar a resposta nas próximas eleições, pode ter certeza! (Richard Freitas) 

Até o nome da rua já diz tudo, Rua da Lama. Mas não vai durar, porque os moradores não vão aguentar o barulho e a bagunça. (Gilda Oliveira de Jesus) 

“A gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte.” Parabéns pela iniciativa, vereador! Incentivo à cultura é necessário e forma cidadãos. O Brasil se perdeu na ignorância por acreditar que cultura e arte são coisas de gente fresca e metida. Só que não! (Alexandre Vilaça) 

Ano que vem tem mais eleições para vereador. Já vão procurando seus títulos. Não deixem para a última hora. (Humberto Santos) 

Graças a Deus não resido mais na Arthur Czartorisky. Que bela palhaçada desse vereador. Quais votaram contra? (Vinícius Augusto Neves)

 

Ver comentários