Notícia

Medida correta ou inexpressiva? Leitores comentam saque do FGTS

Programa Saque Certo, que traz no pacote a possibilidade de retirar até R$ 500 do Fundo de Garantia, teve recepção mista nas redes sociais do Gazeta Online

Governo libera o saque do Fundo de Garantia (FGTS)
Governo libera o saque do Fundo de Garantia (FGTS)
Foto: Fabio Rodrigues/Agência Brasil

Na quarta-feira (24), o governo federal apresentou o programa Saque Certo, que busca acelerar a retomada da economia no curto prazo. Entre as medidas mais comentadas está a que estabelece a possibilidade de saque imediato de contas do PIS/Pasep e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A estimativa é que  2,9 milhões de empregos formais deverão ser criados nos próximos dez anos.

Segundo o secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, apenas a liberação do dinheiro, limitada a R$ 500 por conta, em 2019, e equivalente a um percentual mais um valor fixo a partir do próximo ano, injetará R$ 30 bilhões na economia neste ano – R$ 28 bilhões do FGTS e R$ 2 bilhões do PIS/Pasep – e R$ 12 bilhões em 2020. 

O presidente Jair Bolsonaro considera que as novas regras vão dar mais liberdade para os trabalhadores. Para ele, trata-se de uma "mudança estrutural" que vai beneficiar os mais pobres e as famílias endividadas.

Leia mais:

>Calculadora mostra se vale a pena sacar FGTS

>Veja se vale a pena sacar o FGTS e como aproveitar melhor o dinheiro

>Saque poderá ser antecipado por bancos

A medida teve uma recepção mista entre os leitores do Gazeta Online, com muitas críticas e elogios aos planos anunciados pelo governo federal. Confira alguns comentários:

Quinhentos reais? Assim fica difícil defender esse governo! Continuamos nas mãos dos banqueiros e das grandes construtoras. O Brasil como sempre dando um passinho pra frente, dois passinhos pra trás. (Maria Amélia Siqueira)

O objetivo do governo é melhorar a economia do país e não tornar o trabalhador rico da noite para o dia. Quem achar pouco é só depositar na minha conta. (Wanderson Xavier) 

Voo de galinha. Temer fez a mesma coisa e o resultado foi uma economia tão inexpressiva que o governo Bolsonaro conseguiu até piorar, negativando o PIB em apenas seis meses! (Fernando Caliman) 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirma que mudanças no FGTS darão mais liberdade ao trabalhador
O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirma que mudanças no FGTS darão mais liberdade ao trabalhador
Foto: Alan Santos/PR

Que bom que agora nós podemos fazer piada com o que nos é dado, há tempos fazemos piadas com o que nós era tirado... (Felipe Sangi) 

Mais uma medida correta do governo! Cerca de 80% das contas do FGTS têm saldo até 500 reais. Tal medida vai jogar 40 bilhões na economia e vai ajudar principalmente os mais pobres! (Bruno Falce) 

A curto prazo, mercado aquecido né? Mas e a médio e longo prazos? (Rubens Onofre Bragato) 

Só lembrando para os desavisados de plantão que 87,7% dos trabalhadores na ativa hoje têm saldo inferior a R$ 1.400. E outra: quando o Temer fez isso ele beneficiou apenas 30 milhões de trabalhadores, agora são 106 milhões de beneficiados. R$ 50 hoje já faz muita diferença para um chefe de família. (Bismarck Gomes)

Deixa eu ver... ficar rendendo zero vírgula nada ou pagar alguma dívida que tem o juro muito maior que o rendimento na conta do FGTS? Difícil escolher? (Felipe Pretti) 

Ia recuperar a economia com o recadastramento do Bolsa Família, porque disse que tinha muita fraude. Agora acha que R$ 500 vão resolver a economia do Brasil. Esse presidente é pura comédia. (Etiene Meireles do Sacramento) 

Isso é só para impulsionar o PIB e para essa equipe econômica parar de passa vergonha. Não é por nós. (Sandra Belmira Simoes)

Ver comentários