Notícia

Como descobrir se você foi trocado (a) no relacionamento

Ciúmes ou até mesmo excesso de carinho podem ser sinais de que você foi traído

Ele(a) está diferente com você dentro de casa? Está achando estranho a ausência ou excesso de carinho da parte dele(a)? Caso esteja passando por algo do tipo no casamento ou até mesmo no namoro, cuidado: você pode estar sendo traído(a).

Identificar o perfil de um traidor ou de uma traidora é difícil, segundo especialistas, mas certos sinais na vida a dois podem ajudar a descobrir uma traição.

“A definição de como se caracteriza alguém que esteja traindo é complicada, mas podemos dizer que é semelhante daquele que mente. Mas isso é de momento, não existe o ‘traidor’ ou a ‘traidora’", explica a psicóloga, sexóloga e terapeuta familiar Adriana Salezze.

Para a psicóloga, o parceiro deve ficar atento quando houver alterações no comportamento dele(a) dentro do lar. “Pode não estar traindo, mas se o homem ou a mulher estiver diferente, é preciso atenção”, afirma Adriana.

 

Parceiros que desconfiam demais podem estar desviando a atenção do companheiro
Parceiros que desconfiam demais podem estar desviando a atenção do companheiro
Foto: Divulgação


Se ele(a) se distanciar do(a) parceiro(a), da família e dos amigos dele(a), isso pode significar que o(a) parceiro(a) está com remorso de algo errado que tenha feito e, por isso, evita se envolver com pessoas próximas ao cônjuge.

Aquele ciúme exagerado também merece uma desconfiança. Afinal, quem se preocupa demais com o que o outro está fazendo pode estar, no fundo, querendo desviar a atenção para alguma coisa que esteja aprontando.

No entanto, a psicóloga lembra que há pessoas que são inseguras por natureza e carregam esse medo de perder o outro. Toda regra tem exceção. O que não pode é se tornar ciumento sem nenhuma razão aparente.


Excesso de mimos

 

Até mesmo um carinho que não esteja acostumado(a) a receber ou muitos presentes, podem ser um sinal de que seu cônjuge está com medo de que você descubra alguma coisa que ele(a) tenha feito.

As raízes familiares do cônjuge também podem influenciá-lo a trocar o parceiro por outra pessoa. Porém, a psicóloga desmitifica algumas histórias, como aquela que diz que o homem que trata mal a mãe é sempre traidor.

“Algumas pessoas são criadas naquele padrão de que precisam mostrar superioridade na vida e por isso traem. Mas nem tudo é verdade absoluta também quando o assunto é família. O homem que não trata bem a mãe não significa que seja propício a trair a esposa, por exemplo. Precisamos analisar a história dele na família, o que ele passou”, comenta Salezze.

Prestou atenção aos sinais? Então fique de olho, mas sem desespero. A psicóloga esclarece que nem sempre dois mais dois é quatro nesse assunto. Seu parceiro(a) pode estar enfrentando alguma dificuldade, e isso pode estar afetando o comportamento dele(a).

Por isso, o bom e velho diálogo sempre é o mais recomendado para resolver problemas no relacionamento antes de tirar conclusões precipitadas. Abaixo, confira uma lista de outros comportamentos “estranhos” dentro do relacionamento a dois.

Sinais de possível traição

Mudança repentina

Se, sem nenhum motivo aparente, o marido ou a esposa muda a conduta com você, pode ser que ele (a) esteja te traindo. Ou ele (a) se afasta ou fica triste do nada.

Distância da família

Com medo de que reparem as atitudes estranhas, é comum que o cônjuge se afaste dos familiares do parceiro (a) ou até mesmo de amigos do casal, já que eles podem sentir que tem “cheiro” de traição no ar.

Excesso de carinho

Ser cuidadoso é muito bom. Mas quando o parceiro não é carinhoso por natureza e, do nada, tenta ficar te agradando com elogios e presentes, estranhe. Como já foi falado anteriormente, qualquer mudança de comportamento merece atenção.

Desconfiança

É comum que algumas pessoas sejam ciumentas por terem um perfil mais inseguro. No entanto, quando excessivo ou quando ela passa a ter esse comportamento ao longo do tempo sem nenhuma justificativa, tome cuidado.

Acusações

Ele(a) aponta muito o dedo na sua cara, criticando o seu comportamento? Seu parceiro(a) pode estar buscando desviar a sua atenção para não descobrir a traição.

Discussões

Inventar motivos para criar discussões desnecessárias pode ser um jeito de fugir da relação e da presença do parceiro.

Fuga de papos sérios
Quando a esposa ou o marido evita conversar com o companheiro sobre assuntos polêmicos, ele(a) pode estar no fundo querendo evitá-lo.

Mais tempo fora de casa
Se ele(a) inventa desculpas para ficar fora de casa sem a presença do companheiro(a), cuidado. Aquela partida de futebol a mais na semana ou então muitas idas ao salão de beleza são estranhas.

Fonte: site Vida e Estilo/ Terra e psicóloga
Adriana Salezze

Ver comentários