Notícia

Conheça as belezas da região do Caparaó Capixaba

Passamos quatro dias no lado capixaba da região, conhecida pelos visuais incríveis, pelas piscinas naturais, pelas trilhas e pelo jeito simples de viver de seus moradores

Acesso para as cachoeiras do Caparaó
Acesso para as cachoeiras do Caparaó
Foto: Edson Chagas

Existem várias casinhas de telhas antigas de barro e quintal largo espalhadas pelo interior do Espírito Santo. Ao vê-las bate aquela vontade de ter um dedo prosa acompanhado de um café fresquinho. Eu e o fotógrafo Edson Chagas encontramos várias casinhas como essas nos quatro dias de viagem que fizemos pelo Caparaó capixaba, que fica na região sul do Estado. Um lugar de Mata Atlântica preservada, paisagens de tirar o fôlego, água fresquinha, comida simples e boa, e gente acolhedora.

A Serra do Caparaó fica na divisa do Espírito Santo e Minas Gerais. Abrange quatro municípios no lado mineiro, e cinco no lado capixaba. Nossa viagem acontece no entorno, no lado capixaba, pelos municípios de Iúna, Ibitirama, Irupi, Divino de São Lourenço – onde fica a comunidade de Patrimônio da Penha – e Pedra Menina, distrito de Dores do Rio Preto – onde fica a entrada para o Parque Nacional do Caparaó, que desde 1961 é área de preservação permanente

VEJA O MAPA 

A região é muito frequentada durante o inverno, e o lugar mais visitado é o Pico da Bandeira, o ponto mais alto da região sudeste, e o terceiro mais alto do país. Nessa época é registrada as temperaturas mais baixas do ano, proporcionando paisagens exuberantes. O frio, a visão sobre as nuvens, o nascer e o pôr do sol e da Lua são os grandes atrativos.

Apesar de menos visitado, o Caparaó também tem potencial no verão. Os diversos rios de águas cristalinas e puras, formados por diversas nascentes no alto do parque, proporcionam cachoeiras, corredeiras e piscinas naturais belíssimas. Dá para visitar o ano inteiro, dos períodos frios até os mais quentes.

Preparamos um roteiro turístico, com opções de hospedagem, comida, locais para aquele banho refrescante para aquele passeio de verão, entre outros atrativos que você vai conhecer nesta reportagem especial. Saímos de Iúna e fomos até a metade da trilha para o Pico da Bandeira. Percorremos mais de 100 quilômetros por estrada de terra sinuosas e por rodovia pavimentada.

Imagens da Serra do Caparaó vista da estrada: 

 

 

Ver comentários