Notícia

Consultores especializados dão dicas de como escolher os óculos certos

Christian Piscopo e Sabrina Alvarenga falam sobre as características do rosto, a cartela de cores e o estilo nas roupas

Christian Piscopo e Sabrina Alvarenga são ópticos e consultores de imagem especializados em óculos
Christian Piscopo e Sabrina Alvarenga são ópticos e consultores de imagem especializados em óculos
Foto: JORGE SCHERER.

                                                                                       

Escolher a melhor armação de óculos nem sempre é uma tarefa fácil. Para ajudar as pessoas nessa missão, Christian Piscopo e Sabrina Alvarenga se tornaram consultores de imagem especializados em óculos. "Entre as dicas, temos que considerar o encaixe da ponte dos óculos na nasal, a posição dos olhos respeito ao tamanho de aro, a posição das sobrancelhas", explica sabrina.

Ela nasceu no ramo óptico, mas sempre se interessou por moda, tanto que estudou moda no Rio de Janeiro e em Milão, na Itália. Christian, de Milão, nasceu no berço da moda mundial e através da Sabrina se aproximou do mundo óptico. Assim o casal decidiu casar a moda e a óptica e se aperfeiçoar na consultoria de imagem especializada em óculos e criaram o curso de consultoria de imagem especializado em óculos. Eles, que participaram da Expo Óptica Brasil, em São Paulo, ministrando a palestra "Seus óculos dizem muito sobre você", conversaram com a Revista.ag. Confira as dicas. 

Como saber escolher o melhor óculos? Existem algumas dicas?

A escolha dos novos óculos é muito pessoal e precisa levar em conta vários fatores. Um deles têm a ver com as características anatômicas faciais, que podem influenciar a maneira como nos enxergamos ao realçar ou atenuar determinados traços. Não é apenas uma questão de usar o que está na moda, mas sim de valorizar seus atributos e sua personalidade.

Uma dica: cuidado com as sobrancelhas, elas nunca podem ficar visíveis através das lentes nos óculos de grau.

A escolha dos óculos errado pode prejudicar o visual? De que forma?

Nosso rosto compõe 70% da nossa imagem pessoal e do nosso senso de identidade.

A linguagem visual é muito primitiva e, por isso, as imagens despertam sentimentos institivamente. Usar óculos errados do ponto de vista técnico e estético não dará harmonia e equilíbrio nas cores e no peso visual do usuário prejudicando a imagem que ele quer passar e frequentemente criando poluição visual.

O que analisar na hora de escolher os óculos?

Primeiramente é preciso ver a receita do cliente para depois escolher a armação certa. Sucessivamente passamos a analisar as características do rosto do cliente, cartela de cores que favoreça cada tipo de pele e tom de cabelo, o estilo nas roupas e o estilo de vida do cliente. Finalmente passamos a análise técnica como encaixe na nasal, tamanho de aro, analise da melhor lente e tratamento para o estilo de vida e trabalho do cliente, porque a consultoria envolve tanto a parte estética, quanto a saúde visual.

Quais os principais erros na hora da escolha?

Os principais erros são não considerar os detalhes técnicos, desta forma os óculos não serão funcionais, podem escorregar continuamente do rosto do usuário, podem dar a sensação de juntar os olhos dependendo do tamanho do aro e podem prejudicar o visual do cliente e a forma de como os outros o enxergam.

Os óculos são um acessório de impacto visual? Por quê?

Além de bonitos, os óculos que você usa precisam ser funcionais e passar a imagem correta. Afinal, eles são seu cartão de visita e, por isso, precisam cumprir seu papel de passar uma imagem fiel de você.

É verdade eles servem para levantar a expressão? 

Sim, os óculos podem ter o que gostamos de chamar de “efeito botox”, só que imediato e indolor. Geralmente os óculos estilo “gatinho” têm essa função de levantar a expressão, mas existem outros vários detalhes que ajudam nesta tarefa.

O que seria ilusão óptica?

Ilusão de óptica é um termo que indica ilusões que "enganam" o sistema visual humano. No nosso caso conseguimos provocar a sensação de equilíbrio e harmonia através dos óculos, mexendo no peso visual, que é uma sensação transmitida pelas formas visuais de um rosto. Por exemplo, através dos óculos conseguimos dar a sensação de diminuir ou alongar o nariz ou o perfil da pessoa, esconder olheiras, realçar a cor dos olhos...

Estamos vivendo uma nova era ótica. Que era é essa?

De objetivo clínico hoje os óculos passaram a ser acessório de moda. Por isso além de ópticos, devemos saber falar com propriedade de moda, de marcas, de tecnologias. Cada vez mais vemos a tendência da personalização em tudo. A consultoria de imagem especializada em óculos irá ajudar você a definir os óculos personalizados para cada cliente, o qual se tornou mais exigente.

Ver comentários