Notícia

"Precisamos praticar outros prazeres", afirma sexólogo

O especialista responde a pergunta da leitora, que quer saber o porquê dos chocolates a acalmarem e trazerem sensação de paz em certos períodos

Precisamos praticar outros prazeres que nos deem esse bem-estar sem necessitarmos de substâncias químicas
Precisamos praticar outros prazeres que nos deem esse bem-estar sem necessitarmos de substâncias químicas
Foto: Unsplash

 

 

PERGUNTA: GABRIELA 

"Por que o chocolate me traz uma leve calma quando estou tensa ou sinto a tensão pré-menstrual?"

Vou tentar responder a indagação de nossa leitora, mas posso cometer alguns erros por não ser minha especialidade. O cacau e o açúcar contêm elementos químicos que estimulam a captação de serotonina, hormônio que nos traz a sensação de satisfação e bem-estar. Claro que esse e outros produtos não podem ser consumidos como nossa fonte principal de prazer. Mas por alguns momentos é possível algum contentamento. Por isso, algumas pessoas engordam quando estão tristes ou depressivas – abusam de doces e outros produtos calóricos. 

Precisamos praticar outros prazeres que nos deem esse bem-estar sem necessitarmos de substâncias químicas. Praticar uma atividade física prazerosa como remar, fazer stand-up, ir à praia com amigos, fazer trilhas, cultivar um bom papo, rir muito de coisas triviais, investir em carinhos físicos e verbais e, claro, em sexo... muito sexo com orgasmo. Quando falo “muito sexo” não estou quantificando, porque sexo gostoso, prazeroso, nunca é muito. Se o for é sinal que o excesso não trouxe satisfação.

Leia também

Fazer amor, como prefiro me referir a uma atividade prazerosa, é um ato que produz em nosso sistema nervoso vários hormônios superimportantes para nossa vida. Por isso que sexo é uma das necessidades básicas do ser humano. Produz calma, alegrias, tranquilidade, tônus muscular, melhoria da pele e o amor entre duas pessoas, gerando mais substâncias para o bem viver. E, para isso, não precisa ser um artista de filmes pornográficos, praticar mil posições no coito ou divulgar para todos sua performance, e o quanto é desejado. Penso que o bom sexo é aquele que nos faz conectar com a alma do outro. Sentimos, por alguns segundos, o amor e a paz percorrerem pelo corpo e pela alma. Posso ser romântico com essas falas, mas sinto e acredito muito nisso.

Se você não tem parceria, pode fazer amor com a pessoa que mais ama – VOCÊ. E nisso não há erros, pecados ou estranhezas. Quanto mais conhecemos nosso corpo e sentimos nosso prazer, mas desejamos compartilhar nosso prazer com o outro. E assim a explosão orgásmica será indescritível. Controlar, manipular o outro para nossa satisfação, querer transformar o outro a nossa imagem e semelhança é brincar de divindade e afastar os muitos prazeres possíveis, e a cumplicidade com quem queremos amar.

Que a Páscoa seja o ressurgir das esperanças de amar o outro como a ti mesmo. Praticar o amor ao próximo e com o próximo é uma tarefa linda e trabalhosa. Sair de nosso egoísmo não é fácil, mas necessário.

Amem-se!

 

 

Ver comentários