Notícia

Saiba como adaptar a casa para a chegada do seu animal de estimação

A colunista Rachel Martins, na voz da gatinha Chloé, explica que é fácil harmonizar a decoração da casa para receber o pet, e assim evitar acidentes

Meu querido diário... Antes da chegada de um bebê, os pais já começam a realizar mudanças na casa para recebê-lo com todo o amor. Não é diferente quando se trata de um filho de quatro patas. Antes de eu e Frida chegarmos aqui em casa, foram feitas algumas adaptações importantes na decoração, como, por exemplo, colocar os objetos de decoração mais leves dentro da cristaleira. Senão, já viu, né?

Assim como os bebês, nós, os pets, precisamos de um local seguro e com espaços apropriados. E, acredite, é muito fácil harmonizar o pet com a decoração da casa. Para começar, aposte em um piso de cerâmica, porque, assim, na hora que a gente andar o ruído será bem menor. Além disso, é impossível arranhá-lo com as nossas unhas, ajuda a refrescar a casa nos dias quentes e é mais fácil de limpar. Evite as cerâmicas muito escorregadias, pois podem causar acidentes.

> Conheça a história de Felicette: o primeiro felino enviado ao espaço

Esqueça a madeira, o mármore, as pedras naturais e os carpetes, por mais que deixem a casa bonita. Caso prefira, pode até colocar concreto pintado, embora não seja tão confortável para os animais de estimação, Mas também não vai causar nenhum prejuízo ao seu mascote.

A tinta a ser usada na pintura das paredes é muito importante (aqui em casa elas estão precisando de uma repaginada, a gente andou arranhando e alguns pedaços acabaram descascados, o que, aliás, deixou as nossas donas furiosas). Isso sem falar nas marcas das patinhas.

Claro, nem por isso é necessário pintar a casa com cores escuras. Uma boa dica, dizem os especialistas, são as tintas de acabamento acetinado ou semibrilhantes, que são fáceis de limpar, basta um pano úmido – elas não perdem a pigmentação.

> Confira os cuidados especiais que devemos ter com os pets no frio

O sofá, ah, o sofá! Essa é uma dúvida constante para os donos de pets. Para começar ele deve ser liso, para facilitar a retirada dos pelos. Lona, chenille, brim, sarja e vinil são boas opções de tecidos. Uma boa dica é jogar uma manta por cima, além de dar um toque legal, é só jogar na máquina de lavar e pronto. Os tapetes, só se forem os impermeabilizados.

E para terminar, evite colocar muita coisa dentro de casa, faça uma decoração mais clean, pois a gente gosta de correr e brincar, lembre-se disso. Esqueça móveis com muito vidro e proteja as pontas dos que você considera mais perigosos.

Depois disso tudo é só curtir seu mascote e não brigar muito quando ele fizer uma molecagem. Afinal, quem tem um pet em casa sabe que isso é bem provável de acontecer. Mas, por outro lado, é tanto amor, que compensa. Lambeijos

É o bicho: sua casa, seu pet
É o bicho: sua casa, seu pet
Foto: Divulgação

> O que você acha do seu pet ser sócio-torcedor do seu time?

Estante com silhueta de urso

Claro que é impossível tem um urso em casa. Mas se você é fã deste animal, vai amar esta estante! Ela, com certeza, vai dar um toque especial, por exemplo, no quarto do seu filho ou até mesmo na sua sala. Aliás, lá no site rhbabyandchild.com há muitas coisas lindas que remetem a esse animal.

É o bicho: sua casa, seu pet
É o bicho: sua casa, seu pet
Foto: Divulgação

Reciclável e charmosa

Esta estante com nichos coloridos para gatos oferece cinco blocos de papelão resistentes de formatos diferentes que são unidos por clipes tornando a estrutura segura e estável. É reciclável e não tóxica. E ainda traz catnip orgânico para atrair seu mascote. No site overstock.com.

É o bicho: sua casa, seu pet
É o bicho: sua casa, seu pet
Foto: Divulgação

Sono com o canto dos passarinhos

Quem gosta de pássaros não pode deixar de aplicar naquele cantinho especial da casa um papel de parede com a temática. Olha como ficou esse quarto? Os pássaros simplesmente pousaram na parede em forma de quadrinhos, mas é apenas um papel de parede. Pura poesia.

No site papeldeparededosanos70.com.

É o bicho: sua casa, seu pet
É o bicho: sua casa, seu pet
Foto: Divulgação

Para dormir e se divertir

Esta casinha, feita em fibra natural de vime, possui duas entradas redondas, estrutura de madeira e uma base acarpetada. Uma das pernas é envolta em corda de sisal que serve para o seu mascote afiar as unhas. Além disso, do alto pende um fio com uma bolinha felpuda que vai divertir o bichano. E a peça ainda vai dar um toque especial na decoração da casa.

No site sauder.com

Leia também

Ver comentários