Notícia

Filha de Albuíno, Ana Flávia Azeredo é a mulher de ferro do ES

Engenheira abriu o baú e falou de novos projetos que participa, representando o pai, o ex-governador Albuíno Azeredo, para construir nova ferrovia entre Minas ao Espírito Santo

A engenheira Ana Flávia Azeredo, filha do ex-governador Albuíno Azeredo
A engenheira Ana Flávia Azeredo, filha do ex-governador Albuíno Azeredo
Foto: Rodrigo Gavini

Ana Flávia Azeredo, de 45 anos, não precisa nem dizer de quem é filha. Isso porque as semelhanças com o pai, o ex-governador Albuíno Azeredo, são enormes – assim como a sua paixão por novos desafios. A nova empreitada da técnica legislativa da Assembleia do Espírito Santo (Ales) é ter aceitado o convite para elaborar o projeto de uma nova estrada de ferro entre Minas Gerais e o Espírito Santo, que terá algo em torno de 570 quilômetros.

> Albuíno Azeredo: um governo marcado por visita de personalidades

A megaobra ainda não tem data para ser inaugurada, mas promete ter tecnologia comparada à mesma que foi usada no Eurotúnel, que liga o Reino Unido ao Norte da França, na Europa. “Estamos na segunda etapa. Já fizemos um mapeamento por satélite sobre possibilidades de trajeto e o próximo passo é conferir tudo isso em campo”, fala, ao receber a reportagem na casa recém-reformada em que está vivendo com a mãe – ela é solteira e não tem filhos – de frente para o mar da Praia da Costa, em Vila Velha.

Foto: Rodrigo Gavini

A bonita, que é mestre em Engenharia de Transportes pelo Instituto Militar de Engenharia (IME) e cursa o doutorado em Engenharia Civil na Unicamp, adianta também que a forma de financiamento do empreendimento será tão moderna quanto sua estrutura: “Estamos vendo formas sustentáveis de fazer tudo. Vai ser um avanço no transporte e é um projeto que papai já havia sido convidado a desenvolver. Continuá-lo é dar continuidade a algo que meu pai começou. Uma honra”.

Foto: Rodrigo Gavini

Ao todo, as autoridades e empresas envolvidas com o plano já falam na casa dos bilhões para precificar a ferrovia que, por enquanto, é só chamada de Estrada de Ferro Minas/Espírito Santo.

A capixaba chegou a ser, no IME, professora do atual ministro da Infraestrutura, o engenheiro Tarcísio Gomes de Freitas. “Foi uma experiência muito boa, dei aula junto de um professor em uma disciplina que tinha tudo a ver com meu mestrado e sempre fui apaixonada pelo tema”, termina.

Ana Flávia Azeredo, filha do ex-governador Albuíno Azeredo, abre seu baú para a Revista.AG | Homenagem: "Recebi algumas homenagens e até comenda da Assembleia. Neste ano, fui eleita vice-presidente do sindicato e recebi mais   uma condecoração"
Ana Flávia Azeredo, filha do ex-governador Albuíno Azeredo, abre seu baú para a Revista.AG | Homenagem: "Recebi algumas homenagens e até comenda da Assembleia. Neste ano, fui eleita vice-presidente do sindicato e recebi mais uma condecoração"
Foto: Rodrigo Gavini
Ana Flávia Azeredo, filha do ex-governador Albuíno Azeredo, abre seu baú para a Revista.AG | A Bíblia: "Diz muito sobre mim e sempre tenho uma à mão. Costumo buscá-la sempre, mas principalmente em momentos em que a palavra pode trazer luz"
Ana Flávia Azeredo, filha do ex-governador Albuíno Azeredo, abre seu baú para a Revista.AG | A Bíblia: "Diz muito sobre mim e sempre tenho uma à mão. Costumo buscá-la sempre, mas principalmente em momentos em que a palavra pode trazer luz"
Foto: Rodrigo Gavini
Ana Flávia Azeredo, filha do ex-governador Albuíno Azeredo, abre seu baú para a Revista.AG | "Planejamento Urbano": "É outro livro que representa muito da minha carreira. É uma das minhas primeiras publicações. Fui co-autora dele quando estava no IME e atualmente ele está disponível no acervo do Exército"
Ana Flávia Azeredo, filha do ex-governador Albuíno Azeredo, abre seu baú para a Revista.AG | "Planejamento Urbano": "É outro livro que representa muito da minha carreira. É uma das minhas primeiras publicações. Fui co-autora dele quando estava no IME e atualmente ele está disponível no acervo do Exército"
Foto: Rodrigo Gavini