Notícia

50 anos de ação social e evangelização

Igreja Cristã Maranata tem como objetivo fazer a diferença entre filosofia, teologia, ideologia e fé

Cinquenta anos atrás, no município de Vila Velha, 73 pessoas ajudavam a formar a Igreja Cristã Maranata. Hoje, a instituição reúne mais de 1 milhão de membros em mais de cinco mil templos em todo o Brasil e no exterior.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Igreja Cristã Maranata é um dos grupos evangélicos que mais crescem no país. No último censo, foi classificada como a terceira igreja do grupo pentecostal que mais cresceu nos últimos dez anos.

A instituição entende que não é tão grande esse crescimento e nem é surpresa. No sentido social, a igreja está preocupada em proporcionar o melhor com vistas ao bem-estar da família, da criança e do idoso. Já no aspecto cultural e espiritual, o compromisso da instituição é o de promover a diferença entre filosofia, teologia, ideologia e a fé.

Mais de 200 mil pessoas frequentam os cultos na Grande Vitória
Mais de 200 mil pessoas frequentam os cultos na Grande Vitória
Foto: Divulgação

Raízes capixabas

A Igreja Cristã Maranata está presente nos cinco continentes. Ainda assim, partem do Espírito Santo as principais iniciativas.

Com informações que têm origem no Estado, todas as igrejas são interligadas por meio de um sistema de transmissão via satélite.

A Igreja Cristã Maranata possui ainda 60 acampamentos espalhados pelo Brasil com o nome de Maanaim, de onde são realizados eventos de educação religiosa. Na unidade de Domingos Martins, mais de 130 mil pessoas passam por ano.

Ações sociais

Na década de 70, foi criado o Instituto Bíblico Educacional Maranata. Por meio dele, são oferecidos cursos para a propagação das doutrinas bíblicas, é realizada a produção editorial de conteúdos evangélicos, a prestação de serviços na área educacional, entre outras iniciativas.

Além do trabalho de evangelização, a Igreja Cristã Maranata desenvolve ações sociais. Entre elas, está a Fundação Manoel dos Passos Barros, criada em 1999, em Vila Velha.

O objetivo é contribuir no atendimento às necessidades fundamentais dos cidadãos nas áreas de assistência e promoção social, saúde e educação, através de ações e projetos sociais, visando à melhoria da qualidade de vida e dignidade humana.

Sobre a instituição

Início: em 3 de janeiro de 1968 foi feita a ata de organização da primeira igreja de Vila Velha, localizada no bairro Belém. Na ocasião da organização eram 73 membros, incluindo 21 novos convertidos, batizados naquela data, residentes no mesmo bairro

Crescimento: hoje, na Grande Vitória são mais de mil templos e locais de reunião e mais de 200 mil pessoas que frequentam os cultos. No Estado do Espírito Santo, são mais de 1,5 mil templos. Em todo mundo, a igreja conta com mais de 1 milhão de membros em todos os continentes

Exterior: a Igreja Cristã Maranata está presente nos cinco continentes. Entre os países onde está instalada estão Cuba, República Dominicana, Panamá, Estados Unidos, Canadá, Argentina, Venezuela, Bolívia, Itália, Portugal, Japão, Coreia do Sul, Nova Zelândia, países do leste europeu, entre outros

Maanaim: possui 60 acampamentos espalhados pelo Brasil com o nome de Maanaim, locais reservados ao ensino e educação religiosa. A Rádio Maanaim é segunda rádio mais acessada da América Latina, chegando a mais de 3 milhões de acessos no perfil da rádio no Facebook

Ações sociais: a Fundação Manoel dos Passos Barros foi criada em 1999 para promover projetos sociais, entre eles o atendimento gratuito voltado para tratamento de câncer de pele. A Igreja Cristã Maranata envia medicamentos e equipes formadas por voluntários de diferentes áreas - como médicos, dentistas, enfermeiros e educadores - para fazer um trabalho de ação social e evangelística a populações ribeirinhas do arquipélago de Marajó, no Estado do Pará, na Amazônia Oriental. Além disso, atua no amparo à população desabrigada em situações de desastres naturais em todo o país.

Site: www.igrejacristamaranata.org.br