Notícia

Cesinha Fernandes faz teste drive em condomínio clube

O jornalista passou uma semana no apartamento decorado do Condomínio Vista do Limoeiro, da Morar Construtora

Por Cesinha Fernandes - @cesinha_

Você toparia viver a experiência de morar em um condomínio clube? Eu nem demorei pra responder: claro que sim! E foi desta forma que começou uma das semanas mais diferentes - e divertidas - que já vivi!

Logo fiquei sabendo que meu destino era Jardim Limoeiro, no município de Serra, e fui pesquisar sobre o local. A primeira boa surpresa é que o bairro fica a cerca de 5 km de Vitória, então não teria problema pra ir trabalhar, cumprir meus compromissos na Capital e levar meu filho para a escola.

Com isso, seria fácil manter a minha agenda, mesmo morando em outro lugar. O endereço certo era o Condomínio Vista do Limoeiro, torre A, apartamento 201, o apartamento decorado que recebe a visita dos futuros clientes da construtora. Durante uma semana ele ficaria fechado pra eu viver essa experiência e compartilhar tudo, de forma real, na internet.

Com tudo resolvido, peguei minhas malas e em 20 minutos cheguei no “meu” novo apartamento. Primeiro, fiquei feliz com a segurança que encontrei. Uma grande portaria, automatizada, com porteiro 24h, lista com nomes e placas pra autorizar a entrada e estacionamento dentro do condomínio, na frente do prédio. Para entrar no prédio é necessário inserir uma senha. Também não foi difícil subir com minha pequena mudança, pois todas as torres possuem elevadores.

Quando abrimos a porta do apartamento - eu e meu filho de 3 anos - ficamos surpresos com o espaço. Ele é todo projetado pra receber uma família de 5 pessoas com conforto, portanto, tem mesa grande, sofá, um cantinho de escritório e cozinha integrada com área de serviço, tudo de uma maneira que facilita a circulação.

Vista do Horizonte (Perspectiva)
Vista do Horizonte (Perspectiva)
Foto: Construtora Morar

Além dos dois quartos, o apartamento tem um espaço de múltiplo uso, que pode ser transformado em um home office, um closet, um cantinho do brinquedo, ou do que a imaginação mandar. No apartamento que eu fiquei, este local recebeu um sofá-cama, um armário e estantes.

Já no primeiro dia, senti o clima de viver em um condomínio clube. É como se fosse um pequeno bairro, com tudo dentro e onde as pessoas se conhecem, se cumprimentam e se ajudam. Sabendo que ali aconteceria um reality transmitido pelas redes sociais, os vizinhos já se colocaram à disposição, deram boas-vindas e até me emprestaram um saca-rolhas.

Outra coisa que me marcou foi a facilidade para ter momentos de lazer. Apenas acordamos, descemos e pronto, já estávamos no parquinho brincando. Sair com o filho sem se preocupar com carros, assaltos e distâncias é muito bom. Fora o parquinho, o condomínio tem academia - o que já gera uma economia de tempo e dinheiro -, salão de festas, churrasqueiras, quadra e espaço pra andar de patins e bicicleta. Tudo isso com muita segurança.

No fim, eu fiquei com uma sensação muito boa de acolhimento, curti a possibilidade de receber amigos, organizar churrascos e me senti “em casa” em um apê que foi planejado pra receber as famílias capixabas! Vi que ali é um lugar pra se viver, realizar sonhos e morar bem!

Caso você queira conhecer o apartamento e o condomínio que eu fiquei, clique aqui e agende a sua visita.

Vista do Horizonte (Perspectiva)
Vista do Horizonte (Perspectiva)
Foto: Construtora Morar

Você acompanhou a experiência do Cesinha Fernandes no Instagram da Morar? Não? Então clique aqui e assista agora o compilado de tudo o quê aconteceu no Destaques.