Notícia

Alta tecnologia de simulações clínicas prepara alunos da área de saúde

Sistema implantado em manequins simula fielmente os sinais vitais do corpo humano, permitindo que os estudantes vivenciem e solucionem diversos quadros clínicos

A teoria e a prática precisam caminhar juntas no dia a dia acadêmico. Para que a inserção dos estudantes de medicina e de enfermagem no mercado de trabalho seja eficaz, a modernidade da rotina não pode ficar de fora do processo. Na Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (Emescam), a experimentação da realidade se dá por meio das disciplinas que agregam conhecimento para o futuro profissional.

Inaugurado em 2014, o Centro de Habilidades e Simulação da instituição (Vitoria Grand Tech) possui metodologia inovadora de treinamento, e conta com uma equipe de professores capacitados, equipamentos de ponta e cenários realísticos. “A alta tecnologia é usada a nosso favor. Temos simuladores que imitam os sinais vitais, sons e ruídos, que podem traduzir algumas situações de agravamento da saúde dos pacientes”, conta Simone Duarte, gerente da clínica.

 O Centro de Habilidades e Simulação da instituição (Vitoria Grand Tech) possui metodologia inovadora de treinamento, e conta com uma equipe de professores capacitados, equipamentos de ponta e cenários realísticos.
O Centro de Habilidades e Simulação da instituição (Vitoria Grand Tech) possui metodologia inovadora de treinamento, e conta com uma equipe de professores capacitados, equipamentos de ponta e cenários realísticos.
Foto: Emescam

Qualidade high-tech

Com alta fidelidade, os manequins do espaço são bastante parecidos com os seres humanos, ao representarem os sinais vitais com veracidade. "Esses bonecos falam o que estão sentindo e respiram. Também possuem pressão arterial, saturação de oxigênio e frequência cardíaca. Além disso, permitem a reprodução da pluralidade de quadros clínicos", aponta Simone. As aulas são filmadas por câmeras que giram 360 graus e podem ser transmitidas em tempo real ou gravadas.

Segundo ela, a representação das situações cotidianas e das adversidades interfere diretamente na qualidade e na segurança da atuação dos futuros profissionais. “Essa simulação realística faz parte de uma possibilidade de ensino que engloba não somente as habilidades técnicas, mas o gerenciamento de crises, liderança, trabalho em equipe, raciocínio clínico em momentos críticos”, acrescenta Simone.

Selo internacional

A Emescam é a única instituição do Espírito Santo que possui parceria com a Associação Americana do Coração (American Heart Association). Sediada nos Estados Unidos, a organização sem fins lucrativos é responsável pela publicação científica de Diretrizes para Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) e Atendimento Cardiovascular de Emergência (ACE), que é a base dos protocolos de salvamento utilizados por profissionais de saúde, empresas e hospitais nos EUA e em todo o mundo.

No último ano, o centro de simulação recebeu quase 16,5 mil pessoas. Mensalmente, cerca de 1,4 mil alunos frequentam o local. Além da agenda com o corpo discente, os treinamentos do Centro de Habilidades e Simulação incluem o setor empresarial, os profissionais que atuam na área de saúde e a comunidade. "Também marcamos

presença nas escolas públicas e nas praias. Recebemos com frequência a solicitação para ministrarmos, principalmente, cursos de primeiros socorros em eventos diversos.

A Emescam é a única instituição do Espírito Santo que possui parceria com a Associação Americana do Coração (American Heart Association).
A Emescam é a única instituição do Espírito Santo que possui parceria com a Associação Americana do Coração (American Heart Association).
Foto: Emescam

Serviço - Centro de Habilidades e Simulação Emescam

Endereço: Rua Doutor João Carlos de Souza, sem número - Santa Luiza, Vitória/ES

Telefone: (27) 3334-3551

www.vitoriagrandtech.com.br

Ver comentários