Notícia

O que a Vale tem feito para reduzir a emissão de poeira?

Dados do Inventário de Fontes de Emissões Atmosférica, divulgado em junho, mostram que investimentos feitos pela mineradora reduziram emissão de poeira em 38,9%

Os investimentos ambientais realizados pela Vale reduziram a emissão de poeira em 38,9% entre 2010 e 2015. Os dados são do Inventário de Fontes de Emissões Atmosféricas, divulgado no mês de junho pelo Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do ES (Iema) e validado pela Ufes.

O estudo demonstrou que o setor industrial representa 13% das emissões totais de particulados. Dessa parcela, o setor minero-siderúrgico representa cerca de 70%. Se consideradas todas as fontes de emissões atmosféricas da Grande Vitória descritas no Inventário, calcula-se que a Vale passou a representar 5% do total.

Foto: Vale

Dá para melhorar?

A Vale segue avançando. Em 2018, foi lançado o Plano Diretor Ambiental (PDA), em Tubarão – o maior investimento em meio ambiente da Vale no Espírito Santo. Estão sendo investidos cerca de R$ 1,27 bilhão com o objetivo de reduzir as emissões de poeira o máximo possível até 2023.

São mais de 150 ações, entre implantação de novos equipamentos, melhorias em controles ambientais, estudos de novas tecnologias, aprimoramento da gestão hídrica e metas para redução das emissões de poeira até 2023.

O PDA contempla todas as ações para controle de emissões atmosféricas previstas no novo Termo de Compromisso Ambiental assinado pela Vale em conjunto com o poder público em setembro de 2018.

Foto: Vale

O que está sendo feito em 2019?

Instalação de três canhões de névoa conjugado com Wind Fences - Novo tipo de aspersão de água nos pátios de pelotas, tecnologia inédita no Brasil.

Ampliação da aplicação de produto à base de celulose - Controle para reduzir emissão de poeira nos pátios de estocagem de minério e carvão.

Implantação de novo reservatório - Tanque com capacidade de armazenar 12 mil m³ de efluentes tratados.

Fechamento de áreas - Fechamento de 8 mil m² de área de armazenamento de insumos da Usina 8, com a finalidade de evitar dispersão de poeira.

Fechamento lateral e inferior do transportador do píer de carvão - Estrutura que evita a queda de material no trajeto do navio até o pátio.

Foto: Vale

O que é o inventário de emissões atmosféricas?

O inventário de emissões atmosféricas é um importante instrumento para gestão atmosférica de uma região, pois permite definir qualitativa e quantitativamente as diversas atividades existentes na área de estudo com potencial de alteração da qualidade do ar.

Para que serve o inventário?

O inventário de emissões possibilita representar onde, como, quando e quanto os diversos poluentes atmosféricos são emitidos pelas fontes emissoras significativas na área de interesse. Ou seja, a metodologia permite identificar, caracterizar e quantificar as contribuições de poluentes atmosféricos emitidos por cada fonte emissora, relacionando a massa do poluente gerada em um intervalo de tempo.

Saiba mais: www.vale.com/es

 

 

Ver comentários