Notícia

As curiosas explicações sobre a origem do nome Cariacica

O Gazeta Online conversou com três historiadores; explicações sobre o nome variam, mas influência indígena é quem dita a história da cidade

Indígenas criaram o nome Cariacica, que possui várias traduções

Você já parou para pensar na origem do nome do município em que você mora? Muitas cidades, por exemplo, levam nome de santos, outras trazem referências indígenas. E é exatamente na segunda opção que Cariacica se enquadra. De origem tupi-guarani, reza a lenda que Cariacica era chamada de maneira provocativa por moradores de cidades vizinhas, como Vitória e Vila Velha, de "bosta seca" ou "merda seca".

> QUIZ | É bom mesmo em geografia do ES?

O Gazeta Online conversou com o historiador e jornalista Adilson Vilaça, de 62 anos, que é autor de obras como: "Cartas Fantasmas", "Carminda" e "Cotaxé", além de ser mestre em literatura. "Nomes não surgem por acaso, existe sempre um motivo", frisou. Para ele, a suposta lenda envolvendo o nome de Cariacica não passa de uma brincadeira.

"Uma das teorias é que o nome Cariacica em tupi significa 'barro seco' ou 'mangue seco'. Isso porque, à época, Cariacica possuía mangues que, quando a maré estava baixa, o barro que se tinha à beira das marés secava. Daí vem uma provável origem do nome, por conta de uma simbologia que havia. O problema é que pessoas que moravam nas redondezas, como uma forma de zombaria com os moradores de Cariacica, distorciam o verdadeiro significado e chamavam de 'bosta seca', 'merda seca'", explicou, aos risos.

> Histórias de assombração rondam o Palácio Anchieta

Leia também

Na era da cibercultura, em que as pessoas vivem conectadas nas redes sociais ou na internet, o que será que diriam os quase 380 mil cariaciquenses - dado estimado pelo IBGE - sobre as zoeiras vindas de seus vizinhos de décadas passadas - quando as piadinhas sobre o significado do nome eram facilmente ouvidas?

Para tentar entender as peculiaridades que envolvem esse nome, o Gazeta Online também conversou com um outro historiador, Vinícius Muline. Ele disse ter encontrado em um dicionário de municípios capixabas que Cariacica em tupi significa Acari-assyca, ou "pedaço de acari", que é um nome de uma espécie de peixe de água doce, conforme frisa o dicionário de autoria do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo (edição de 1999).

"Assim como Cariacica, Itapemirim, Itaoca, Ibiraçu e outros municípios locais vêm de origens indígenas. Isso mostra como o nosso Estado é rico em cultura, que tem essa quantidade de símbolos por causa da colonização que tivemos. Temos aqui sinais de etnias europeias, africanas e, claro, indígenas. Somos ricos em história e Cariacica está integrada nisso", afirmou Muline.

> O dia em que radialista foi morto durante programa ao vivo no ES

O historiador Fernando Achiame, por sua vez, que é mestre em História formado pela Universidade Federal do ES (Ufes), aponta que Cariacica significa: caria ou carie "estrangeiro ou estranho", e cica "que parece que chega de fora".

Questionado sobre os inúmeros significados que o nome da cidade possui, Achiame acredita que isso se dá por conta do lugar ter sido habitado por vários povos indígenas, como as tribos Tupiniquins, Goitacazes e Aimorés.

> Há 71 anos, Vitória e Vila Velha eram ainda só uma cidade

Procurada pela reportagem, a Prefeitura de Cariacica pontuou apenas que o nome da cidade vem de Cari-jaci-caá, que traduzido seria "chegada do homem branco".

FORÇA DA LÍNGUA TUPI

De acordo com o professor de Língua Portuguesa Antônio Carlos Sá, de 61 anos, o tupi foi a língua mais falada no Brasil até o século XVIII. Por volta de 1758, foi proibido de ser usado no país. Contudo, dois séculos depois, os portugueses incorporaram muitas palavras do tupi, principalmente as que dão nome a lugares, rios, plantas e animais.

> Veja mais publicações da seção Capixapédia

PARTICIPE!

Tem alguma curiosidade sobre o nosso Espírito Santo? Envie para [email protected]

Ver comentários