Notícia

Torcedor capixaba que foi ver o Vasco no Kleber Andrade se decepcionou

Cruz-maltino entrou em campo empurrado pela empolgada torcida, mas não conseguiu corresponder com um bom futebol. Faltou criatividade com a bola nos pés

Com um frio muito incomum, um vento cortando o rosto e uma leve chuva, os vascaínos capixabas foram ao Kleber Andrade, em Cariacica, na noite domingo (04), para ver o Vasco passar por cima do CSA. O cenário para a festa era perfeito: um time que vinha de bons resultados contra um rival que ocupa a vice-lanterna do Campeonato Brasileiro. Mas não foi o que aconteceu. Faltou criatividade em campo, e só restou decepção na arquibancada após o empate em 0 a 0

Vasco x CSA, no Kleber Andrade
Vasco x CSA, no Kleber Andrade
Foto: Fernando Madeira

O Vasco entrou empurrado pela empolgada torcida, mas não conseguiu corresponder com um bom futebol. Setor fundamental para qualquer equipe funcionar, o meio-campo cruz-maltino se mostrou inoperante na criação. Sobrou ligação direta entre a defesa e o ataque, este que não estava nem um pouco inspirado. As principais jogadas surgiam dos pés do jovem Talles, de apenas 17 anos, que mostrou muito potencial. 

>Luxemburgo reconhece má atuação diante do CSA

Do outro lado do gramado, o tímido CSA fez o feijão com arroz. Entregou a bola para o Vasco, se fechou na defesa e apostou nos contra-ataques. Resultado: foi o dono das chances mais claras de gol e por muito pouco não saiu do Kleber Andrade com a vitória. O próprio Vanderlei Luxemburgo valorizou o rival: “Hoje ganhamos um ponto”, disse o técnico do Vasco em entrevista coletiva. 

>Jogadores reclamam da arbitragem: "A favor é uma dificuldade grande"

A se destacar individualmente ficam as atuações de Fernando Miguel, Castan, Richard e Talles. De resto um futebol muito pobre e com deficiências que precisam ser corrigidas com urgência. Mesmo com um elenco limitado, o Vasco já atuou melhor em outras ocasiões. Desafio sem fim para Luxemburgo, que também deu sua contribuição para a atuação ruim do Gigante da Colina. As entradas de Marcos Júnior e Valdívia pioraram o time. Fica a lição, aprendida de forma muito dolorosa.

Ver comentários