Notícia

Desportiva celebra acordo em negociação de dívidas trabalhistas

Audiência no Tribunal Regional do Trabalho aconteceu na manhã desta sexta-feira (27)

Foto: Reprodução

As dívidas trabalhistas acumuladas ao longos dos últimos anos são alguns dos principais problemas da Desportiva na atualidade. Com problemas na Justiça do Trabalho, o clube enfrenta problemas para receber verbas de patrocinadores e até mesmo as rendas dos jogos ficam retidas para o pagamentos de débitos. No entanto, um acordo firmado na manhã desta sexta-feira (27) deu um alívio à nova diretoria do time grená. 

Em audiência no Tribunal Regional do Trabalho, em Vitória, o clube negociou o pagamento de dívidas de 11 processos, que resultam em uma quantia de R$ 728 mil. Pelo acordo firmado, o clube grená terá 40 meses para quitar o valor. Com o primeiro pagamento marcado para janeiro, as quatro primeiras parcelas terão o valor de R$ 20 mil cada e as outras 36 parcelas terão o valor de R$ 18 mil por mês. 

De acordo com o presidente da Desportiva, Edney Costa, a negociação já terá efeito imediato e nos próximos dias a Desportiva já não terá recursos financeiros retidos pela Justiça do Trabalho. 

"Agora a Desportiva vai poder respirar e trabalhar melhor para conseguir patrocinadores. Essa negociação é um passo muito importante para a reestruturação do clube", disse o presidente da Desportiva, que também agradeceu à presença do presidente da Federação de Futebol, Gustavo Vieira, na negociação.

"O Gustavo Vieira também esteve na audiência e foi fundamental para ajudar a Desportiva nessa negociação. Além de ser boa para o clube, esse acordo foi foi para o futebol capixaba", concluiu o dirigente.

Capixabão 2018

Com a disputa do Capixabão marcada para começar no dia 20 de janeiro, a Desportiva pretende começar os treinamentos em 20 de novembro e nos próximos dias o clube vai anunciar as primeiras contratações na próxima temporada.

Ver comentários