Notícia

Com gol nos acréscimos, Vitória vence a Desportiva pela Copa ES

Cássio, aos 46 minutos do 2º tempo deu o triunfo ao Alvianil, que voltou ao G-2 da Chave B da competição

Parecia que o 0 a 0 do primeiro turno se repetiria, mas um gol salvador do lateral Cássio, aos 46 minutos do segundo tempo deu o triunfo ao Vitória no clássico contra a Desportiva, disputado na tarde deste sábado (01), no Estádio Salvador Costa, na Capital. De quebra, o 1 a 0 recolocou o Alvianil de volta ao G-2 do Grupo B, com os mesmos 10 pontos que a Locomotiva, porém a Águia leva vantagem nos critérios de desempate, já que possui melhor saldo de gols.

Cássio comemorou demais o gol salvador do Vitória já nos acréscimos do 2º tempo
Cássio comemorou demais o gol salvador do Vitória já nos acréscimos do 2º tempo
Foto: João Brito/Vitória FC

O JOGO

Precisando vencer para se manter na briga pela classificação, era o Vitória que precisava atacar, mas a primeira boa chance veio com a Desportiva. Edinho, porém, desperdiçou boa oportunidade em cobrança de falta logo aos 3 minutos. 

A resposta do time da casa veio pouco depois, com Carlos Vitor, aos 7. O meia-atacante chutou de primeira, mas a bola explodiu na zaga grená. Depois foi a vez de Nilo assustar, mas Felipe se antecipou ao atacante, e de peixinho cortou o lançamento. Pouco depois, outro duelo entre Nilo e Felipe, com o arqueiro da Desportiva novamente levando a melhor. O atacante finalizou forte e o paredão fez linda defesa, aos 23 minutos.

A tarde era mesmo entre Nilo e Felipe. O camisa 9 alvinil chegou bem na área e finalizou, mas o camisa 1 da Locomotiva defendeu e pôs para escanteio.  Apesar de muito pressionar e dominar as ações, o Vitória não conseguiu vazar a meta rival e o jogo foi para o intervalo sem alteração no marcador.

Na volta, a Desportiva veio disposta a igualar as ações. Logo aos quatro minutos Edinho chutou com força e Harrison defendeu em dois tempo. Pouco depois o goleiro do time da casa voltou a aparecer bem em saída arrojada nos pés de David Dener.

Aos 37 minutos o grito de gol saiu da garganta, mas a arbitragem anulou o tento de David Dener, aos 37 minutos.

Quando o placar caminhava para final, veio o gol do alívio para o Vitória, aos 46 minutos da etapa complementar. Em boa trama ofensiva, Carlos Vitor tocou em Thiago, que foi à linha de fundo e cruzou na medida para o lateral alvianil escorar de cabeça e definir o placar no Salvador Costa.

Na próxima rodada, o Vitória folga, enquanto a Desportiva recebe o líder Atlético Itapemirim, no Araripe, às 16 horas, no sábado (08). Nos outros jogos da rodada, pelo Grupo B, o Galo da Vila passou pelo Tupy por 3 a 1, no José Olívio Soares. Pela Chave A, o Real Noroeste se isolou ainda mais na liderança ao superar o Linhares pelo placar mínimo. São Mateus e Sport não saíram do 0 no Sernamby. 

VITÓRIA 1 X 0 DESPORTIVA

Vitória: Harrison, Cássio, Joaquim, Léo Breno e Franklin; Ferrugem (Thiago), Deivison, Rodrigo César e Carlos Vitor; Henrique (Wagner) e Nilo (Chiquinho). Técnico: Wesley Martinelli

Desportiva: Felipe, Sorriso, David, Marco Antônio e Ratinho (Anderson Santana); Ramon (David Dener), Gean Miller, Dinda, Mádisson e Edinho; Willy (João Vitor). Técnico: Vevé. 

Gol: Cássio, aos 46 minutos do 2º tempo.

Estádio: Salvador Costa (Vitóra/ES)

Árbitro: Dyorgenes Padovani (FES)

Ver comentários