Notícia

Com novidades, Vitória quer surpreender o Serra na sêmi da Copa ES

Time de Wesley Martinelli revela que deve fazer duas mudanças no time titular. Primeiro jogo acontece sábado

especial

No penúltimo treino do Vitória antes da primeira partida válida pela semifinal da Copa Espírito Santo, realizado na tarde desta quinta-feira (27), o time de Bento Ferreira revelou que pode vir com até duas alterações, em relação àquele que entrou em campo no empate sem gols contra o Tupy, semana passada.

A primeira é a volta do zagueiro Léo Breno, no lugar de Reinaldo, que retorna para o banco; e a segunda é a entrada do meia-atacante Gian, na posição ocupada tradicionalmente por Henrique. Esta possível troca tem motivações físicas. No treino anterior, realizado na quarta-feira (26), o atacante levou uma pancada no tornozelo e foi poupado.

O zagueiro Léo Breno está de volta ao time titular do Vitória
O zagueiro Léo Breno está de volta ao time titular do Vitória
Foto: Vitória/Divulgação

Segundo o técnico Wesley Martinelli, a atuação de Henrique ainda é dúvida. “Amanhã ele deve treinar com o grupo, mas a gente precisa ver como o atleta vai responder dentro de campo antes de confirmar o retorno dele”, ponderou.

Na segunda parte do treinamento, o comandante optou por outro estilo de jogo, substituindo Nilo pelo zagueiro Reinaldo. Com essa formação, Deivison ficou mais avançado, Ferrugem atuou como primeiro-volante, e Chiquinho e Gian passaram a jogar abertos nas laterais. Mais defensivo, o esquema pode ser uma opção se o time alcançar vantagem no placar.

A vitória, aliás, é algo que o treinador espera conseguir já nesse primeiro jogo. “A gente sabe que a vantagem de dois resultados iguais favorece o Serra e que jogar lá no Robertão não é nada fácil. Então, a gente tem que fazer um bom jogo para reverter essa situação e poder jogar até de outra forma se o resultado estiver a nosso favor”, ponderou.

Adversário

Para o técnico Alvianil, o time do Serra é forte e requer atenção. “Eles têm uma zaga bem postada. Com a bola no pé, eles conseguem criar situações de gol e, por isso, nosso intuito é exatamente anular essa saída de bola”, disse.

Segundo Wesley, será preciso tomar cuidado especial com dois jogadores. “O Emílio, que consegue fazer coisas inacreditáveis com a bola no pé; e o Caetano, que é um jogador que tem uma boa saída”, analisou. “Eles podem ser muito perigosos para a nossa equipe”.

Crescente

Apesar do Vitória ter somado um ponto a menos que o Serra na fase de grupos da Copa Espírito Santo, o histórico recente é melhor: com três vitórias e um empate, contra duas vitórias e dois empates do rival.

Para o atacante Chiquinho, os últimos resultados são reflexo do bom momento que vive o time. “Acho que é a união do grupo. De uns quatro jogos para cá o time veio se fortalecendo cada vez mais e acho que quando o coletivo está bom, o individual também aparece”, comentou o autor do último gol do Vitória-ES.

A provável escalação do Vitória para o jogo contra o Serra é: Harrison; Cássio, Léo Breno, Ferrugem e Franklin; Thiago, Rodrigo César e Deivison; Henrique (Gian), Chiquinho e Nilo.

A primeira partida entre Vitória e Serra, válida pelo primeiro jogo da semifinal da Copa ES, acontece neste sábado (30), às 15h, no estádio Salvador Costa. O segundo jogo está marcado para o próximo dia 5, também às 15h, no Robertão.

A autora é residente em jornalismo. Texto sob supervisão de Marcella Scaramella

Ver comentários